fbpx
24 de fevereiro de 2024

A Erosão Por Vento Registrada na Região de Elysium Planitia em Marte


A Elysium Planitia é a segunda região vulcânica mais extensa de Marte, após Tharsis Montes. Essa área está repleta de vulcões de norte a sul, entre eles, Hecates Tholus, Elysium Mons e Albor Tholus. A imagem acima mostra a região de Elysium Planitia esculpida pelos ventos que sopram em Marte, fazendo aparecer na superfície dessa região uma grande quantidade de colinas paralelas.

Em 2005 uma foto da Elysium Planitia tirada pela sonda Mars Express mostrou o que pode ser água congelada coberta por gelo. O volume do gelo é estimado de 800 a 900 km de tamanho e 45 metros de profundidade, similar em tamanho e profundidade ao Mar do Norte. Acredita-se que o gelo seja vestígio de inundações e fluxos de lava de fissuras da Cerberus Fossae ocorridas há 2-10 milhões de anos. A superfície da área está fragmentada em placas, como gelo quebrado flutuando em um lago. Datações da cratera mostram que as placas são mais de 1 milhão de anos mais velhas que o material do abismo em si, mostrando que a área se solidificou devagar demais para que o material seja lava.

Fontes:

http://themis.asu.edu/node/5749

http://pt.wikipedia.org/wiki/Elysium_Planitia


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo