fbpx

A Cratera Vulcânica Da Cabeça Do Diamante no Havaí


As ilhas do Havaí foram formadas à medida que a Placa do Pacífico se movia para oeste sobre um chamado hot spot geológico. A ilha mais populosa do Havaí, Oahu, é dominada por dois grandes vulcões de escudo que possuem idades entre dois e quatro milhões de anos. Contudo, um grande número de crateras vulcânicas menores e muito mais jovens também estão presentes na ilha de Oahu, como a Cratera da Cabeça de Diamante, que é mostrada acima. Essas erupções mais jovens foram também muito menores em saída de lava, e muito mais explosivas em natureza do que as mais velhas. As crateras vulcânicas mais jovens possuem menos de 500000 anos de idade. Elas se formaram depois que Oahu se moveu sobre o hot spot e depois também que os vulcões principais ficaram adormecidos por no mínimo 2 milhões de anos. Por exemplo, Oahu,  está agora a mais de 320 km do ainda ativo Kilauea, localizado na Big Island, movimento esse que é consistente com a moderna taxa de movimentação das placas tectônicas que é de 10 cm por ano. O que gera essas erupções mais jovens da Série Vulcânica de Honolulu depois que a ilha passou pelo hot spot, a idade precisa da erupção, e se ela entrará em erupção novamente, são pontos de pesquisa e debate entre os geocientistas. A foto acima foi feita em 12 de Junho de 2008.

Fonte:

http://epod.usra.edu/blog/2011/09/diamond-head-crater.html


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .