fbpx

A Cor Contrastante das Estrelas em Perseus


A alguns anos atrás o fotógrafo que registrou a imagem acima fezmimagens do bem conhecido sistema duplo de estrelas Albireo, localizado na constelação de Cygmus, e que é um sistema constituído de estrelas próximas de cores distintas, no caso, uma estrela laranja e outra azul. Porém nas imagens feitas por ele, ele nunca conseguiu observar o contraste de cores nas imagens. Então ele consultou um mapa estelar para ver se ele poderia encontrar outro sistema duplo de estrelas coloridas para realizar imagens e que coubessem no campo de visão de seu telescópio refrator de 90 mm, um Takahashi Sky. Surpreendentemente existia somente ummsistemamduplo de estrelas que se encaixava no critério, Algo, e Rho Persei, na constelação de Perseus, e como as duas são também visíveis a olho nu, quer dizer que são muito brilhantes.

Na imagem acima, Algol é a brilhante estrela azul e Rho Persei é a brilhante estrela vermelha. Algol, ou Beta Persei, ou ainda SAO 38592, também conhecida como estrela do demônio é um sistema eclipsaste binário, de modo que a estrela que eclipsa Algol, causa uma variação de brilho, mudando sua magnitude de 2.1 para 3.4 a cada 2 dias 20 horas e 49 minutos. Embora Algol seja um sistema eclipsante binário ele é se fato um sistema triplo de estrelas.

Algol está a 92 anos-luz de distância do Sol, é 3.9 vezes mais massiva, 4 vezes maior e 98 vezes mais luminosa que o nosso Sol, com uma temperatura em superfície de 9200 Kevin. Sua coloração é branco-azulada. A sua companheira mais próxima, a estrela 25-Rho Persei, ou SAO 56138 é menosmcomumente conhecida como Gorgonea Tertia, a terceira de quatro Forgons. Rho Persei é também uma estrela variável, ela é classificada como sendo uma variável semiregular do tipo Mu Cephei que tem uma variação de magnitude entre 3.3 e 4.0 num período de 50, 120, e 250 dias.

A estrela Rho Persei FIA a 325 anos-luz de distância do Sol, é 5 vezes mais massiva, 150 vezes maior e 2290 vezes mais luminosa que o nosso Sol e tem uma temperatura superficial de 4111 kelvin. Sua cor vermelho-alaranjada característica a classifica como uma estrela do tipo M. Para se ter como comparação, o nosso Sol tem uma temperatura superficial de 5778 kelvin, é mais quente que a Rho Persei, e por isso aparece mais amarelado domque vermelho mas é muito mais frio que a estrela branca azulada Algol com seus 9200 kelvin.

Se você mora no hemisfério norte, no final dessa semana poderá olhar em direção da constelação de Perseus na parte nordeste do céu, por volta da meia noite e ver os meteoros provenientes da chuva anual de meteoros Perseidas. Como a Lua estará na sua fase nova no pico da chuva, entre os dias 11 e 12 de Agosto de 2012, o céu estando limpo permitirá que você observe entre 4 a 5 estrelas cadentes por minuto.

Fonte:

http://epod.usra.edu/blog/2012/08/contrasting-star-colors-in-perseus.html

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .