A Cidade Estelar Que Nunca Dorme

A Advanced Camera for Surveys do Hubble capturou esse momento na vida sempre conturbada da galáxia espiral IC 391. Embora essa massiva cidade de estrelas pareça estática e sem se alterar, seus habitantes estelares estão em constante movimento e se desenvolvendo, com novas estrelas nascendo e velhas estrelas chegando ao fim de suas vidas – as vezes esse final é uma explosão impressionante de supernova que é visível da Terra.

Em 3 de Janeiro de 2001, membros da Beijing Astronomical Observatory descobriram uma dessas explosões dentro da IC 291 e deram o nome a ela de SN 2001B. Essa foi uma supernova do Tipo Ib, que ocorre quando uma estrela massiva esgota todo o seu combustível para realizar fusão nuclear e então colapsa , emitindo vastas quantidades de radiação e criando uma poderosa onda de choque. O Hubble tem contribuído muito para o nosso entendimento das supernovas nos anos recentes, e tem feito um estudo extensivo da supernova 1987A, a explosão estelar mais brilhante vista na Terra em 400 anos.

A IC 391 localiza-se a aproximadamente 80 milhões de anos-luz de distância da Terra na direção da constelação de Camelopardalis, na parte norte do céu. O astrônomo amador britânico William Denning descobriu ela no final do século dezenove e a descreveu como apagada, pequena e arredondada.

Essa foto foi feita somando imagens feitas pelo Wide Field Channel da Advanced Camera for Surveys do Hubble. As imagens captadas através do filtro azul são mostradas em azul (F435W), àquelas registradas através do filtro verde (F555W) são mostradas em verde e àquelas registradas através do filtro do infravermelho próximo (F814W) são mostradas em vermelho. O tempo de exposição usado foi de 800s, 700s e 700s, respectivamente para cada filtro e a imagem cobre um campo de 2.1 por 1.4 arcos de minuto.

Fonte:

http://www.spacetelescope.org/images/potw1105a/

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo