A Chuva De Meteoros Quadrantídeos de 2013 Fotografada Sobre a Grande Muralha da China

Denominada assim devido a uma constelação antiga, a Chuva de Meteoros dos Quadrantídeos é um evento anual para quem mora no hemisfério norte da Terra. O radiante da chuva de meteoros fica dentro de uma antiga e obsoleta constelação, a Quadrans Muralis. Esse local não é muito distante do famoso asteerismo do Big Dipper, nas fronteiras das constelações de Bootes e Draco. A imagem acima mostra como foi essa chuva de meteoros no ano de 2013, mais precisamente, no dia 4 de Janeiro de 2013. O radiante não está no Frame acima, ele está fora na parte superior direita da imagem. Na imagem podemos perceber o brilho da Lua que nesse dia estava em quarto minguante e conseguia iluminar toda a cena, composta por um terreno acidentado e por uma parte da famosa Grande Muralha da China, na província de Hebei. A provável fonte do fluxo de poeira que produz os meteoros Quadrantídeos foi identificada em 2003 como sendo um asteroide. Como já é esperado, em 2020 a chuva de meteoros deve atingir seu pico entre os dias 3 e 4 de Janeiro de 2020. Os observadores do hemisfério norte poderão apreciar um belo espetáculo no céu nesse início de ano, já que o céu estará sem a presença da Lua, o que ajuda muito na observação dos asteroides.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap200103.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.