25 Quilômetros e Contando – A Épica Saga da Opportunity em Marte

Em algum ponto durante o seu trajeto a partir da Cratera Intrepid em Marte, sem qualquer tipo de comemoração da NASA, a sonda robô Opportunity, que explora o planeta vermelho passou por um marco, muito, mas muito significante em sua épica trajetória através do grande deserto Meridiani.

Observando com cuidado a figura acima, é possível ver um local que marca 25 km, ilustrando que essa é a posição em Marte onde a Opportunity alcançou a incrível marca de 25 km viajados. Vinte e cinco quilômetros!

Para você para mim, 25 km não é nada, nós nem pensamos duas vezes quando temos que andar vinte e cinco quilômetros para chegar em um determinado lugar. Não é grande coisa, é meia hora dirigindo um carro, e provavelmente é possível andar essa distância em uma tarde. Mas para uma sonda robô que obtém sua energia do Sol e está localizada em Marte, 25 km é perto de um milagre.

Por que? Bem, vamos primeiro dar uma olhada no que dizia o press release oficial da NASA quando começaram as missões robóticas da Opportunity e da Spirit em Marte:

“A Spirit chegou em Marte em 3 de Janeiro depois de sete meses de viagem. Sua tarefa é gastar os próximos 3 meses explorando por pistas em rochas e no solo sobre se o ambiente passado nessa parte de Marte foi sempre molhado e capaz de sustentar alguma forma de vida”.

As duas sondas irmãs que exploram o planeta vermelho foram desenhadas para viajar apenas 1 km, durante uma missão que teria a duração de 90 dias. Menos de 1 km em 90 dias. Nessa ponto, as pessoas envolvidas na missão estavam prontas para ver a morte das sondas no dia chamado de Sol 91, ou seja, a missão teria durado 3 meses explorando Marte. Mas como todos nós sabemos não foi isso que aconteceu.

A Opportunity está agora cumprido o dia número 2334 a mais dos 90 dias originalmente planejados para essa missão e está caminhando firme em direção da cratera Endeavour. Colocando tudo isso na mesma perspectiva temos a figura abaixo, onde a linha vermelha mostra o quanto a Opportunity viajou ao final da missão original de 90 dias e na sequência a outra figura mostra com a linha vermelha o quanto ela viajou desde então.

Ela está 25 quilômetros longe de onde ela posou, a Cratera Eagle. Vamos dar uma olhada na sequência de imagens abaixo na sua maravilhosa jornada através do deserto Meridiani.

E aqui nessa outra imagem, onde a Opportunity está agora, deixando para trás a Cratera Intrepid e indo em direção à Cratera Santa Maria, que está quase a 1.5 quilômetros de distância.

Então, como será o futuro da Opportunity? Bem vamos dar uma olhada geral no que a aguarda em Marte.

A linha amarela na imagem acima mostra a jornada já cumprida pela Opportunity, desde seu histórico local de pouso na Cratera Eagle, até a sua posição atual pouco a leste da Cratera Intrepid. A linha branca mostra a rota que ela deverá percorrer até chagar ao anel externo da Cratera Endeavour, via Cratera Santa Maria. Isso não parece muito longe, parece?

O local onde a Opportunity deve aportar na Cratera Endeavour se chama Cape York e está a uma distância de 7.6 km.

A verdade brutal e aterrorizante que cada fã das missões em Marte, que cada cientista leva consigo em seu coração é que cada dia, cada caminhada da Opportunity em Marte pode ser seu último suspiro. Cada segundo que passa no relógio pode ser o momento em que algo pode acontecer dentro da Opportunity e sua épica jornada ser interrompida deixando as paredes da Cratera Endeavour no horizonte. A missão da Opportunity pode se encerra de maneira repentina por centenas de diferentes maneiras: os computadores podem falhar, as rodas podem quebrar, podem atolar, sua câmera pode congelar, seus equipamentos de comunicação podem parar de funcionar, entre outros. Mas todos pensam em deixar essas coisas ruins de lado e celebrar cada vez que conseguimos fazer um contato com a Opportunity e receber dela as belas imagens de Marte, além disso a cada dia que passa os metros são contados e esperamos ansiosamente a sua chegada na Cratera Endeavour. Por isso só podemos dizer, continue assim Opportunity, continue andando, sem se cansar!

Fonte:

http://roadtoendeavour.wordpress.com/2010/11/17/25km-and-counting/

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo