20 Anos Depois Dados da Sonda Galileo Revelam Segredos de Ganimedes – Space Today TV Ep.1228

Em 1996 chegava em Júpiter uma sonda, que acho que poucos se lembram, ela se chamava Galileo. Nem preciso dizer em homenagem a quem, não é mesmo.

A sonda Galileo trabalhou na órbita de Júpiter entre 1996 e 2003.

E nesse período a sonda fez 6 sobrevoos sobre o satélite natural Ganimedes de Júpiter.

Ganimedes, além de ser um dos 4 satélites descobertos por Galileu Galilei, é também o maior satélite do nosso Sistema Solar.

Agora, mais de 20 anos depois da chegada da sonda em Júpiter, os pesquisadores, resolveram revisitar os dados obtidos por ela, e estão descobrindo muitas coisas novas.

Por isso essas missões planetárias são tão interessantes, mesmo depois que elas deixam o planeta ou mergulham nele, os dados ficam ali vivos e podem continuar sendo estudados por décadas.

Logo que chegou no sistema de Júpiter, a sonda Galileo fez uma descoberta surpreendente, Ganimedes, tinha um campo magnético, algo inédito, pois isso só tinha sido observado em planetas.

A magnetosfera é muito importante em planetas, como por exemplo, na Terra, ela protege o nosso planeta da radiação, protege a nossa atmosfera, ou seja, é uma das principais camadas que envolve a Terra.

Nesses 20 anos, os pesquisadores analisaram os dados, e agora conseguiram publicar um conjunto de descobertas mais conclusivo.

A magnetosfera de ganimedes é única, e isso porque o satélite está perto de Júpiter que tem um imenso campo magnético, assim é gerada uma magnetosfera imbricada.

Outra coisa que essa nova análise descobriu é que existm partículas sendo expelidas da superfície de Ganimedes e isso pode dizer algo sobre a fina atmosfera do satélite.

Ganimedes tem auroras como na Terra, mas diferente do nosso planeta, em Ganimedes, as partículas veem de Júpiter e não do Sol.

A sonda Galileo sobrevoou bem a região de aurora de Ganimedes, e agora, comparando esses dados com os dados do Hubble, por exemplo, os pesquisadores conseguem dizer exatamente onde está essa zona de auroras em Ganimedes e isso pode ajudar a resolver o mistério de como elas se formam.

Além disso a nova análise dos dados da sonda Galileo mostrou que ela conseguiu na época observar o fenômeno conhecido como reconexão magnética e isso poderia explicar o porque das auroras em Ganimedes serem tào brilhantes.

Uma dúvida que ainda precisa ser resolvida é com relação ao oceano subterr6aneo de Ganimedes os dados iniciais indicam a existência desse oceano, mas os detalhes só com uma melhor análise desses dados.

É sensacional ver uma sonda que passou a mais de 20 anos num planeta ainda ter seus dados analisados e muitas descobertas serem feitas.

Por isso que sempre temos que apoiar a exploração espacial.

fonte:

https://www.nasa.gov/feature/goddard/2018/old-data-new-tricks-fresh-results-from-nasa-s-galileo-spacecraft-20-years-on

https://www.padrim.com.br/spacetoday

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:

https://apoia.se/spacetoday

=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:

http://www.agenciamarcospontes.com.br

http://www.agenciamarcospontes.com.br/visita-observatorios-telescopios-eso-atacama-viagem.php

=====================================================

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Apoio e apresentação:

http://deviante.com.br

A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/featured

http://scienceblogs.com.br/sciencevlogs/

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/channels?view=60

=====================================================

Meus contatos:

BLOG: https://spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.