11 Missões Espaciais Que Serão Manchete em 2011

Normalmente é impossível prever o que será destaque no mundo científico em um ano que começa. Pequenos laboratórios podem surgir do nada com descobertas espetaculares, achados que a há muito se procura podem falhar na hora de se materializar, ou seja, o mundo científico vive em um turbilhão de emoções. Mas um campo científico talvez mais do que qualquer outro nos da fortes pistas sobre o que esperar. Graças a legislação pesada, a engenharia complicada, e às distâncias astronômicas que se precisa viajar, nós podemos ter uma boa confiança sobre as previsões para o mundo espacial em 2011.

UM PASSEIO EM DIREÇÃO A JÚPITER

Iniciando nossa lista de missões espaciais que provavelmente acontecerão em 2011, existem jornadas que apenas começarão em 2011. A primeira é o lançamento da sonda orbital Juno da NASA, programada para partir em direção ao Júpiter em Agosto. A sonda Juno estudará a atmosfera do planeta gasoso gigante e irá buscar por evidências de um núcleo sólido, para com isso fornecer ideias sobre a formação e a estrutura de Júpiter, por extensão ela também nos dará uma completa imagem de como planetas massivos podem se formar em outros sistemas estelares. Juno voará por cinco anos até entrar em órbita do planeta em Julho de 2016.

O VOO DO GLORY

Outra importante missão que deve decolar no final de Fevereiro de 2011, ajudará os cientistas a resolverem algumas das maiores incertezas no nosso entendimento sobre as mudanças climáticas. O satélite da NASA Glory irá adicionar mais de trinta anos de medidas de alta precisão da energia solar emitida, e ajudará a manter o foco em qualquer pequena mudança na irradiação solar. O Glory tentará também entender como os aerossóis, partículas flutuantes na atmosfera que absorvem e refletem energia, afetam o orçamento de energia na Terra. Clarear essas incertezas será fundamental para prever com precisão o destino do nosso mundo em aquecimento.

A PRÓXIMA GERAÇÃO DE SONDAS MARCIANAS

O novo ano também irá ver o lançamento da maior, mais pesada e mais bem equipada sonda com destino para Marte. O Mars Science Laboratory, também conhecido como Curiosity, irá agir como um geólogo andando pela superfície marciana no mínimo 200 jardas por dia antes de parar para coletar amostras e conduzir análises químicas no interior da sonda. O objetivo da sonda: encontrar de uma vez por todas evidências se Marte foi em algum tempo no passado um local hospitaleiro para o desenvolvimento de vida microbial.

DESTINO: O CINTURÃO DE ASTERÓIDES

Enquanto observaremos muitos lançamentos de missões em 2011, também observaremos um certo número delas que finalmente chegarão ao seu destino. Julho marcará o final da jornada de quatro anos da sonda Dawn até o cinturão de asteroides que se localiza ente Marte e Júpiter. A sonda Dawn investigará o planeta anão congelado Ceres e o asteroide rochoso 4 Vesta  para ajudar os pesquisadores a entenderem melhor as condições que existiam durante a formação original do sistema solar. Essa imagem do Ceres feita pelo Hubble é uma das melhores já obtidas, então podemos ver por que os pesquisadores querem tanto estudar esse objeto em detalhe.

QUANDO UMA MISSÃO A UM COMETA NÃO É O SUFICIENTE

Dando um enorme exemplo de reciclagem, a NASA decidiu dar para a sonda Stardust uma nova proposta de vida. A sonda Stardust ganhou fama quando em 2004 capturou material da cauda do cometa Wild 2 e enviou uma cápsula para a Terra com esse material em 2006. Mas a sonda propriamente dita se manteve no espaço e em Fevereiro seus detectores se voltarão para um novo alvo.

O novo alvo em questão é o cometa Tempel 1(na foto), que já foi parte de uma investigação prévia. Em 2005, a missão Deep Impact conseguiu caracterizar internamente o cometa depois de enviar uma pequena sonda de cobre que se chocou com o cometa. A Stardust nos dará uma importante e barata segunda chance de observar o cometa Tempel 1. Isso será particularmente útil pois a sonda Deep Impact penetrou numa nuvem de poeira que impossibilitou a sonda de fazer boas imagens do cometa.

MERCÚRIO: ESTÁ PRONTO PARA SER ESTUDADO EM DETALHE

Diferente da sonda Juno, que dará seus primeiros passos de vida em direção a um planeta em 2011, a sonda que orbita Mercúrio, a Messenger esta chegando no ápice da sua carreira. Mercúrio é pequeno, denso, quente e relativamente não explorado, e no dia 18 de Março de 2011, a Messenger irá entrar em órbita ao redor do planeta para um ano de investigação. A Messenger já completou três sobrevoos sobre o planeta mais interno do Sistema Solar, fazendo imagens em alta resolução do planeta e identificando áreas de interesse. Uma vez em órbita, a Messenger irá mapear o campo magnético e a topografia de Mercúrio, caracterizar sua atmosfera e procurar por gelo nas regiões polares permanentemente escondidas nas sombras.

ESTRLEANDO NO SOL

Um satélite não precisa ser novo para contar entre os mais brilhantes e destacados de 2011. De fato, é difícil pensar que uma missão seja mais brilhante do o Solar Dynamics Observatory. Essa sonda fará o aniversário de um ano em 11 de Fevereiro de 2011. A sonda SDO está ajudando os cientistas a entender a fundo o nosso Sol. A sonda SDO fornece observações detalhadas das manchas solares, bem como das massivas erupções solares que residem no coração de algumas civilizações como a fonte causadora  de cenários apocalípticos. Os pesquisadores esperam decifrar os segredos dos 11 anos de ciclo de atividade solar e também encontrar pistas que podem fornecer avançadas previsões da atividade solar como labaredas e ejeções coronais de massa.

A BUSCA POR UM MUNDO SEMELHANTE À TERRA

Outra missão que já está no espaço mas que promete muito para 2011 é o telescópio Kepler, que está muito ocupado caçando exoplanetas do tamanho da Terra, ou seja, planetas fora do sistema solar, mas que tenham um tamanho e até características semelhantes com o nosso lar. O Kepler tenta registrar distantes planetas observando por saltos, falhas ou variações na luz da estrela, efeitos que ocorrem quando um planeta passa na sua frente, e com essa missão ele tem tido muito sucesso desde Abril de 2009. Os pesquisadores do Kepler, já anunciaram a descoberta de oito exoplanetas e já identificaram mais de 700 prováveis. No último mês de Junho, ou seja, Junho de 2010, os cientistas declararam que não iriam ainda lançar a informação do mais animador candidato a planeta até que eles checassem todos os dados. A data anunciada pelos pesquisadores para anunciar a revelação é Fevereiro de 2011.

ENTRANDO NA ERA ESPACIAL COMERCIAL

Após ser notícia em Dezembro de 2010 com os testes de lançamento da cápsula Dragon, a SpaceX pode fazer história em 2011 – continuando com o processo de privatização dos voos espaciais. O novo ano verá o teste completo para a cápsula Dragon, que tem como objetivo ser usada para carregar tripulação e mantimentos até a Estação Espacial Internacional e o grande foguete Falcon 9. A primeira missão paga da SpaceX para o Falcon 9 irá entregar o CASSIOPE, um satélite de comunicação e pesquisa na órbita da Terra. Pouco depois o conjunto Falcon 9/Dragon irá iniciar as missões de carregamento de mantimentos para a Estação Espacial Internacional.

ESPAÇO PARA OS TURISTAS

Para não ficar para trás nessa diferente corrida espacial, a nave suborbital da Virgin Galactic, uma nave para turistas, vista aqui nessa imagem sendo transportada por sua nave mãe a White Knight Two, espera terminar todos os testes restantes durante esse ano. O veículo espacial decolará da base de Spaceport America e subirá até uma altitude de 50000 pés. A nave mãe irá então lançar a Space Ship Two e os motores da nave serão acionados para manda-la par o espaço.

Um ingresso custará 200000 dólares, mas a companhia só precisa de um depósito inicial de 2000. A Virgin Galactic se recusa a marcar uma data para quando fará o primeiro voo que levará os turistas até o espaço, mas alguns esperam ver os voos começando no final de 2011.

BOA NOITE, ÔNIBUS ESPACIAL

Os dois últimos acontecimentos, baseado principalmente na privatização do voo espacial, ganham importância pelo fato que 2011 marcará a aposentadoria dos ônibus espaciais. O ônibus Endeavour está programado para decolar do Kennedy Space Center em 1 de Abril de 2011 para o programa de sua missão final, a STS -134. Mesmo que a NASA decida fazer um voo adicional para a missão STS-135, que atualmente esbarra em problemas fiscais, 2011 marcará os 30 anos do programa do ônibus espacial que começou com a missão STS-1 com a decolagem do ônibus Columbia em 12 de Abril de 1981.

Fonte:

http://discovermagazine.com/photos/11-space-missions-will-make-headlines-in-2011

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.