Tudo Que Você Sempre Quis Saber Sobre os Furacões

Space Today
10 set 2017

Users who have LIKED this post:

  • avatar

Os furacões são as tempestades mais violentas da Terra. As pessoas chamam essas tempestades com diferentes nomes, como tufões, ou ciclones, dependendo de onde elas acontecem.

O termos científico para todas essas tempestades é ciclone tropical. Somente os ciclones tropicais que acontecem sobre o Oceano Atlântico ou na parte leste e central do Oceano Pacífico são chamados de furacões.

Não importa o nome que eles recebem, todos se formam da mesma maneira.

Os ciclones tropicais são como motores gigantescos que usam o ar quente e úmido como combustível. Isso é por que eles se formam somente sobre as águas quentes dos oceanos perto do equador. Esse ar quente e úmido sobe e condensa, formando as nuvens e as tempestades.

À medida que esse ar mais quente e mais úmido sobre, tem menos ar deixado perto da superfície da Terra. Essencialmente, à medida que esse ar quente sobe, isso cria uma área de pressão de ar menor abaixo.

Isso dá início ao motor da tempestade. Para preencher a área de baixa pressão, o ar das áreas ao redor com uma pressão maior o empurra. Esse novo ar perto da superfície da Terra também fica aquecido pelo calor da água do oceano, então fica mais quente, mais úmido e então sobe.

À medida que o ar continua a subir, a área ao redor gira. Todo o sistema de nuvens e vento giram e crescem, alimentado pelo calor do oceano e pela água evaporando da superfície.

Enquanto o sistema de tempestade gira cada vez mais rápido, um olho se forma no centro. Essa é uma região muito calma e clara com um ar com pressão muito baixa.

Os ciclones tropicais normalmente enfraquecem quando eles atingem a terra, pois ali eles não são alimentados pela energia da água quente dos oceanos. Contudo, quando se move para dentro da terra, eles podem despejar centímetros e centímetros de chuva causando enchentes, bem como o vento pode danificar muitas coisas.

Existem 5 tipos, ou categorias de furacões. A escala da categoria é chamada de Escala de Furacão Saffir-Simpson, e cada categoria está baseada na velocidade do vento.

Atualmente os satélites têm um papel crucial para entender os furacões, eles coletam dados do espaço e fazem muitas imagens. Alguns dos instrumentos dos satélites medem a temperatura nas nuvens e no oceano. Outras medidas são as alturas das nuvens e a velocidade da chuva, a direção e a velocidade dos ventos.

As agências atualmente também voam dentro dos furacões. Os instrumentos a bordo dos aviões adquirem mais detalhes sobre a tempestade. Algumas partes são muito perigosas para as pessoas voarem dentro delas, nessas áreas, hoje em dia as ag6encias mandam drones.

Para aprender mais sobre os furacões, visite: https://www.nasa.gov/mission_pages/hurricanes/main/index.html

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

  • Pedro Leofil

    Sempre com ótimas matérias. Abandonei acompanhamento de futebol. chega de gols e mais gols, não leva a lugar nenhum. com este site e o Space Today, reacendeu meu gosto por Astronomia e virou paixão.

    • Francisco Reig

      Genial o seu comentário! Parabéns pela coragem interior.

      • Pedro Leofil

        Obrigado pelo comentário encorajador.

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.