Rosetta Pluto

Sonda Rosetta na Órbita do Cometa 67P Faz Imagens Espetaculares e Registra Plutão nos Confins do Sistema Solar

Space Today
17 jul 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

Rosetta Pluto

Se você vive numa caverna, você pode até ter perdido as notícias dessa semana, sobre a passagem da sonda New Horizons por Plutão.

Mas enquanto o mundo está colado nas imagens e nos dados retornados para a Terra pela sonda, outra sonda, teve o seu momento de acompanhar o sobrevoo da New Horizons de sue próprio ponto de vista. Apenas dois dias antes do sobrevoo, em 12 de Julho de 2015, a sonda Rosetta, da ESA virou suas câmeras para o planeta anão, desde a sua posição na órbita do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, capturando uma imagem distante do mundo.

A imagem é um dos poucos momentos na história em que uma sonda no Sistema Solar conseguiu registrar outra sonda, apesar de estar bem pequena na imagem onde mesmo Plutão é difícil de ser visto. Isso só mostra como longe no espaço nós podemos ir e o quão espetacular é a nossa exploração espacial.

O Cometa 67P, que a sonda Rosetta está orbitando desde Agosto de 2014, está atualmente dentro da órbita de Marte. A distância entre as duas sondas quando a imagem foi feita era de mais de 5 bilhões de quilômetros. Os cientistas na Terra tiveram que pesquisar cerca de 20 imagens da Rosetta para encontrar o pequeno mundo que é Plutão, que tem somente dois terços do tamanho da nossa Lua.

I2Uz8uE

As imagens foram feitas com a câmera OSIRIS da Rosetta, normalmente usada para fazer imagens de alta resolução do cometa 67P, e os cientistas da missão ficaram surpresos de poder ver Plutão a essa grande distância.

“Além do mais, o OSIRIS não é um telescópio, mas uma câmera desenhada para estudar o cometa da Rosetta de perto”, disse Holger Sierks o principal pesquisador da OSIRIS do Max Planck Institute for Solar System Research, o MPS, na Alemanha.

HFpp5OM

O cometa está agora a menos de um mês de passar pelo seu ponto mais próximo do Sol, em sua órbita de 6.4 anos, conhecido como periélio, e que será no dia 13 de Agosto de 2015. Estar perto do Sol, significa que o cometa está aumentando a sua atividade  e expelindo mais detritos. Dennis Bodewits da Universidade de Maryland, que trabalhou nas imagens, comparou procurar Plutão do cometa como olhar através de uma nevasca.

No dia 15 de Julho de 2015, a ESA lançou novas imagens detalhadas do cometa 67P feitas pela sonda Rosetta. O problema é que esse lançamento foi totalmente ofuscado pela apresentação das novas imagens de Plutão feitas pela New Horizons. As imagens do cometa 67P fornecem novas ideias sobre algumas áreas de interesse no cometa, e revelaram grandes detalhes de alguns desfiladeiros e outras regiões. Talvez, da próxima vez, a ESA possa coordenar com a NASA para garantir que o lançamento de ambas as imagens possam ter a mesma atenção do público, pois ambos os feitos representam uma grande conquista na exploração espacial feita pelo ser humano.

yBu27nm

Fonte:

http://www.iflscience.com/space/rosetta-takes-image-new-horizons-pluto-5-billion-kilometers-away

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

  • num acharam piramides no cometa ainda? que milagre! onde está wally?