nh-pluto-7-11-15

Sonda New Horizons Faz a Última Imagem das Manchas Escuras em Plutão

Space Today
11 jul 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

nh-pluto-7-11-15

A aproximadamente 5 bilhões de quilômetros da Terra e apenas 4 milhões de quilômetros de Plutão, a sonda New Horizons da NASA fez sua melhor imagem dos quatro pontos escuros do planeta anão que continuam a impressionar.

As manchas aparecem no lado de Plutão que sempre fica voltado para sua maior lua Caronte – a face que será invisível para a New Horizons quando ela fizer sua maior aproximação na manhã do dia 14 de Julho de 2015. O principal pesquisador da missão New Horizons, Alan Stern, do Southwest Research Institute, em Boulder, no Colorado, descreveu essa imagem como “a última, e melhor visão que alguém terá do lado oculto de Plutão por décadas”.

As manchas são conectadas a um cinturão escuro que circula a região equatorial de Plutão. O que continua a intrigar os cientistas são seus tamanhos parecidos e seus espaçamentos. “É estranho que elas estejam separadas regularmente”, disse Curt Niebur, cientista do programa New Horizons na sede da NASA em Washington. Jeff Moore do Ames Research Center da NASA, em Moutain View na Califórnia, está muito intrigado também. “Nós não podemos dizer se essas manchas são platôs ou planícies, ou se elas são variações brilhantes numa superfície completamente suave”.

As grandes áreas escuras estão estimadas como tendo 480 quilômetros de diâmetro, uma área de aproximadamente o tamanho do estado norte-americano do Missouri. Em comparação com imagens anteriores, nós agora vemos que as áreas escuras são mais complexas do apareciam inicialmente, enquanto que as fronteiras entre os terrenos escuros e brilhantes são irregulares e definidas de forma bem nítida.

Além de resolver o mistério das manchas, a equipe de Imageamento de Geologia e Geofísica da New Horizons está interessada em identificar outras feições superficiais como crateras de impacto, formadas quando objetos menores se chocaram com o planeta anão. Moore nota, “Quando nós combinamos imagens como essas do lado escuro de Plutão e dados coloridos que a sonda já adquiriu mais ainda não enviou para a Terra, nós esperamos ser capazes de ler a história dessa face de Plutão”.

Quando a New Horizons fizer sua maior aproximação de Plutão, em apenas três dias, ela irá focar no lado oposto, ou “hemisfério de encontro” do planeta anão. Na manhã de 14 de Julho de 2015, a New Horizons passará a cerca de 12500 quilômetros acima da face de Plutão que tem uma grande feição em forma de coração que com certeza mexeu com a imaginação de todos mundo a fora.

Fonte:

http://www.nasa.gov/image-feature/new-horizons-last-portrait-of-pluto-s-puzzling-spots

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários