pia19889 (1)

Sonda Dawn Observa Com Detalhes Impressionantes os Pontos Brilhantes de Ceres

Space Today
10 set 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

pia19889 (1)

Os pontos mais brilhantes no planeta anão Ceres, brilham com mistério nas novas imagens enviadas pela sonda Dawn da NASA. Essas visões, as mais próximas até hoje, da cratera Occator, com uma resolução de 140 metros por pixel, dão aos cientistas uma perspectiva mais profunda dessas feições bem incomuns.

As novas imagens feitas pela sonda Dawn, revelam a forma do ponto central mais brilhante e das feições da cratera da maneira mais bem definida até hoje. Devido ao fato desses pontos serem muito mais brilhantes do que o resto da superfície de Ceres, a equipe da sonda Dawn, combinou duas imagens diferentes, numa única visão, uma imagem com exposição apropriada para os pontos brilhantes, e outra para a superfície ao redor.

Os cientistas também produziram animações que fornecem um sobrevoo virtual da cratera, incluindo um mapa topográfico colorido.

Os cientistas da sonda Dawn, notaram que o anel da cratera Occator é quase vertical em alguns lugares, onde ele se ergue a quase 2 quilômetros.

As imagens feitas da órbita atual da Dawn, a uma altitude de 1470 km, têm três vezes uma melhor resolução do que as imagens feitas da órbita anterior em Junho, e cerca de 10 vezes melhor do que as imagens feitas na primeira órbita da sonda em Ceres, em Abril e Maio.

“A sonda Dawn transformou o que recentemente era apenas alguns pontos brilhantes em uma paisagem complexa, bela e brilhante”, disse Marc Rayman, engenheiro chefe da Dawn e diretor da missão baseado no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena, na Califórnia. “Em breve, as análises científicas revelarão a natureza geológica e química desses misteriosos pontos”.

A sonda já completou dois ciclos de 11 dias de mapeamento da superfície de Ceres de sua órbita atual, e começou o seu terceiro ciclo no dia 9 de Setembro de 2015. A sonda Dawn irá mapear Ceres por completo seis vezes nos próximos dois meses. Cada ciclo consiste de 14 órbitas. Imageando Ceres com ângulos levemente diferentes em cada ciclo, os cientistas da Dawn serão capazes de montar imagens estereográficas e construir mapas tridimensionais do planeta anão.

A sonda Dawn é a primeira sonda a visitar um planeta anão, e a primeira sonda a orbitar dois alvos distintos do Sistema Solar. Ela orbitou o protoplaneta Vesta por 14 meses, em 2011 e 2012, e chegou em Ceres no dia 6 de Março de 2015.

A missão Dawn é gerenciada pelo JPL para o Science Mission Directorate da NASA, em Washington. A Dawn é um projeto do Discovery Program, gerenciado pelo Marshall Space Flight Center da NASA em Huntsville, no Alabama. A UCLA, é responsável pela missão científica geral da Dawn. A empresa Orbital ATK Inc., em Dulles, Virginia, desenhou e construiu a sonda. O German Aerospace Center, o Max Planck Institute for Solar System Research, a Italian Space Agency, e o Italian National AStrophysical Institute são parceiros internacionais na equipe da missão. Para uma lista completa dos participantes, acesse:

http://dawn.jpl.nasa.gov/mission

Mais informações sobrer a Dawn, podem ser encontradas, em:

http://dawn.jpl.nasa.gov

http://www.nasa.gov/dawn

Fonte:

https://www.nasa.gov/feature/jpl/ceres-bright-spots-seen-in-striking-new-detail

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários