hiperion_cassini_01

Sonda Cassini Faz Seu Último Sobrevoo Pelo Satélite Hipérion de Saturno E Envia Imagens Espetaculares

Space Today
3 jun 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

hiperion_cassini_01

Por que esse satélite parece uma esponja? Para melhor investigar a razão e tentar entender a resposta, a sonda da NASA/ESA Cassini passou bem perto do satélite de Saturno, Hipérion, no dia 31 de Maio de 2015. As imagens enviadas para a Terra desse último encontro entre a Cassini e o satélite, continuam com certeza, mantendo a reputação desse satélite como sendo corpo mais estranho do Sistema Solar. Nas imagens, pode-se ver de forma clara a superfície de Hipérion totalmente coberta por crateras, das mais diversas formas, onde se pode observar o incomum material escuro no fundo dessas crateras.

As imagens brutas e sem processamento, podem ser acessadas no site da Cassini, por esse link:

http://saturn.jpl.nasa.gov/photos/raw

E uma seleção de algumas das melhores imagens podem ser vistas, no site da equipe de imageamento da Cassini, em:

http://www.ciclops.org/view_event/208/HYPERION-REV-216-RAW-PREVIEW

hiperion_cassini_02

Embora Hupérion tenha cerca de 250 km de diâmetro, sua baixa força gravitacional registrada pela Cassini, indica que ele é um corpo praticamente oco, com uma gravidade superficial muito baixa. As formas estranhas das muitas crateras de Hipérion são pensadas como sendo o resultado de impactos que primeiramente comprimiram e ejetaram material da superfície – diferente das crateras circulares mais típicas que observamos em outros corpos, e que aparecem depois que uma onda de choque circular redistribui de forma explosiva o material da superfície. De forma resumida, essas crateras apresentam características que significam que o bólido que se chocou com o satélite comprimiu a superfície ao invés de escavá-la e a maior parte do material foi expelido da superfície e nunca mais retornou. A sonda Cassini está programada para fazer um sobrevoo sobre outro satélite de Saturno, Dione em cerca de duas semanas.

hiperion_cassini_03

Durante esse sobrevoo por Hipérion, a sonda Cassini passou a cerca de 34000 quilômetros de distância da sua superfície. O sobrevoo mais próximo da superfície de Hipério, foi realizado pela sonda Cassini em 26 de Setembro de 2005, quando na ocasião, a sonda passou a cerca de somente 505 quilômetros de distância da superfície do satélite.

hiperion_cassini_04

Hipérion, é o maior dos chamados satélites irregulares de Saturno, ou satélites que têm forma de batata, esses satélites são partes remanescentes de uma violenta colisão que provavelmente despedaçou um objeto maior em muitos pedaços.

hiperion_cassini_05

A sonda Cassini irá fazer mais alguns sobrevoos sobre os satélites de Saturno durante esse ano de 2015, antes de partir do plano equatorial do planeta para começar a parte final da missão que deve durar cerca de um ano. Para esse grande final, programado para 2017, a sonda Cassini irá passar repetidamente através do espaço existente entre o planeta Saturno e seus anéis.

A missão Cassini-Huygens é um projeto cooperativo da NASA, ESA, e da Agência Espacial Italiana. O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, em Pasadena, na Califórnia, gerencia a missão para o Science Mission Directorate da Agência em Washington. O centro de operações de imageamento da Cassini fica baseado no Space Science Institute em Boulder, no Colorado. O Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena, gerencia o JPL para a NASA.

hiperion_cassini_06

Para mais informações sobre a missão da Cassini, visite:

http://www.nasa.gov/cassini

e

http://saturn.jpl.nasa.gov

hiperion_cassini_07

Fontes:

http://www.nasa.gov/jpl/cassini-sends-final-close-views-of-odd-moon-hyperion

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?feature=4608

http://apod.nasa.gov/apod/ap150603.html

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários