codigo_apollo_11_01

O Código Que Levou a Apollo 11 Para a Lua É Disponibilizado Para Acesso Público

Space Today
20 jul 2016

Users who have LIKED this post:

  • avatar

codigo_apollo_11_01

Em meados da década de 1960, a tecnologia para se desenvolver o software usado pela Apollo 11 na sua jornada para a Lua ainda estava sendo desenvolvida. Os programadores do MIT desenvolveram a chamada “rope memory”, uma nova maneira de se armazenar programas de computador. Eles também criaram uma versão especial da linguagem de máquina para programação.

Mesmo hoje, a linguagem de máquina é algo complicado de se entender, obviamente, pois ela não foi feita para o ser humano entender, e sim para os computadores.

codigo_apollo_11_02

Os programadores do MIT escreveram literalmente milhares de linhas de código para o chamado Apollo Guidance Computer, o AGC. Nesse post é possível ver uma foto de Margaret Hamilton, a diretora de projeto de engenharia de software, que aparece do lado de uma pilha de papéis contendo o código que ela escreveu para a Apollo 11.

Em 2003, foi a primeira vez que os códigos foram carregados num site para serem baixados pelos aficionados em programação, pelo pesquisador Ron Burkey. Ele manualmente digitou cada linha do código, a partir de imagens scaneadas de cópias originais do MIT. Contudo, nunca foi tão fácil acessar o código.

codigo_apollo_11_03

As imagens do MIT eram um pouco distorcidas em algumas partes e Burkey teve que usar parte de seu conhecimento de engenharia de computação para reconstruir as partes que não conseguia ler. Mais tarde, ele conseguiu uma versão legível do código, de Gary Neff. Felizmente, as partes que ele preencheu estavam 100% corretas.

Mesmo assim, o código permanece não muito claro para muitos desenvolvedores de softwares. Um ex funcionário da NASA carregou o código completo para quem quiser consultar, o link é esse:

https://github.com/chrislgarry/Apollo-11

codigo_apollo_11_04

Desde que o código tornou-se disponível no dia 7 de Julho, muitos começaram a dissecar os comentários escritos pelos programadores originais do AGC. Os comentários não são inteiramente sobre como uma série particular de linhas trabalha. Existem muita piadas e muitas referências a coisas dos anos 1960.

Veja no vídeo abaixo uma emulação de como funcionava o AGC.

Fonte:

http://futurism.com/code-that-got-apollo-11-to-the-moon-published-in-github-for-everyone-to-access/

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários