The beautiful side of IC 335

Hubble Faz Bela Imagem Da Intrigante Galáxia IC 335

Space Today
26 dez 2014

The beautiful side of IC 335

observatory_150105Essa nova imagem do Telescópio Espacial Hubble, das agências espaciais, NASA e ESA mostra a galáxia IC 335 posando em frente ao fundo repleto de galáxias bem mais distantes. A IC 335 é parte de um grupo de galáxias contendo três outras galáxias, e localizada no Aglomerado de Galáxias Fornax, a cerca de 60 milhões de anos-luz de distância da Terra.

Como visto na imagem, o disco da IC 335 aparece de lado desde o ponto de vista de observação da Terra. Isso faz com que seja muito difícil classificar essa galáxia, já que as principais características da morfologia de uma galáxia, os braços de uma espiral ou a barra através do centro, somente são visíveis quando a galáxia é imageada de frente. Ainda assim, os astrônomos conseguem classificar essa galáxia com 45000 anos-luz de comprimento como sendo uma galáxia do tipo S0.

Essas galáxias em forma de lente são um estado intermediário no esquema de classificação morfológica de galáxias entre uma galáxia verdadeiramente espiral e uma elíptica. Elas têm um fino disco estelar e um bulbo, como uma galáxia espiral, mas em contraste com as típicas galáxias espirais ela têm usado a maior parte do meio interestelar. Somente poucas novas estrelas podem ser criadas do material que é deixado e a taxa de formação de estrelas é muito baixa. Assim, a população de estrelas nas galáxias do tipo S0 consiste principalmente de estrelas velhas, muito similares à população estelar nas galáxias elípticas.

Como as galáxias S0 tem braços espirais mal definidos, elas são facilmente confundidas com as galáxias espirais, principalmente se elas são observadas de forma inclinada ou de lado como a IC 335 aqui. E de fato, apesar das diferenças morfológicas entre as S0 e as galáxias elípticas, elas compartilham características comuns como o tamanho e as feições espectrais.

Ambas as classes são também chamadas de galáxias de tipo antecipado, já que elas estão se desenvolvendo passivamente. Contudo, enquanto as galáxias elípticas podem se desenvolver passivamente quando nós as observamos, elas possuem normalmente interações violentas com outras galáxias no seu passado. Em contraste a isso, as galáxias do tipo S0, são mais velhas e mais apagadas que as galáxias espirais, que nunca tiveram qualquer interação com outras galáxias, ou elas são velhas como resultado de uma simples fusão entre duas galáxias espirais no passado. A natureza exata dessas galáxias ainda é uma questão de muito debate no meio astronômico.

Fonte:

http://www.nasa.gov/content/goddard/hubble-sees-the-beautiful-side-of-ic-335/#.VJ2KtsA0

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários