Andrômeda No Meio de Nuvens Galácticas

Space Today
4 jan 2017

Users who have LIKED this post:

  • avatar

A imagem nesse post, mostra um objeto que não é novidade para quase ninguém, essa é a Galáxia de Andrômeda, frequentemente fotografada pelos astrônomos amadores na Terra. Também conhecida como M31, ela é a maior galáxia espiral mais próxima da Terra. A M31 é uma galáxia espiral clássica com linhas de poeira escura , um núcleo brilhante e amarelado, e braços espirais marcados por uma luz azulada das estrelas. Porém, dependendo de como se faz uma imagem da Galáxia de Andrômeda, essa imagem pode revelar surpresas. O mosaico acima foi feito usando dados de banda larga e estreita, e com isso foi possível mostrar as apagadas nuvens de gás hidrogênio ionizado avermelhadas que aparecem no mesmo campo de visão. Essas nuvens de gás hidrogênio ionizado muito provavelmente estão em primeiro plano nessa imagem, ou seja, localizadas dentro da Via Láctea. Elas podem estar associadas com as nuvens interestelares empoeiradas que se espalham por centenas de anos-luz acima do plano da nossa galáxia. Se elas estivessem localizadas na distância da Galáxia de Andrômeda, ou seja, 2.5 milhões de anos-luz de distância da Terra, elas seriam enormes, já que a própria galáxia de Andrômeda tem cerca de 200 mil anos-luz de diâmetro.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap170104.html

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.