A Nebulosa Crescente

Space Today
7 jul 2016

Users who have LIKED this post:

  • avatar

nebulosa_crescente

A Nebulosa Crescente, também conhecida como NGC 6888, é uma nebulosa de emissão, localizada na constelação de Cygnus, a cerca de 4700 anos-luz de distância da Terra. Ela é uma nebulosa do tipo Wolf-Rayet, formada pelo forte vento estelar gerado pela estrela WR 136, localizada no seu interior, que se choca e energiza o vento mais lento gerado pela própria estrela quando ela se converteu numa gigante vermelha a cerca de 400000 anos.

Como resultado dessa colisão se forma uma envoltória, como uma concha, e duas ondas de choque, uma movendo-se para fora e outra para dentro. A onda de choque que se move para dentro aquece o vento estelar a uma temperatura de 100 milhões de graus.

A WR 136 é uma estrela muito grande e muito quente, situada no interior da nebulosa, que sofre grandes perdas de massa devido a seus intensos ventos estelares. Sua luminosidade é 500000 vezes maior que a do Sol, tem uma temperatura superficial de 73000 graus Celsius, e sua idade estimada é de somente 4.5 milhões de anos, um milésimo da idade do Sol, mas que já se encontra na sua fase final de evolução estelar.

Agora, na sua fase como estrela do tipo Wolf-Rayet, o material que foi expelido é alcançado pelo forte vento estelar que surge da estrela, e é esquentado, por isso que brilha novamente, formando assim uma nebulosa de emissão. A estrela perde matéria muito rapidamente, o equivalente a uma massa solar a cada 10000 anos. Se estima que em 100000 anos, se ela ainda tiver massa suficientes, terminará sua vida por meio de uma colossal e energética explosão de supernova.

Fonte:

https://plus.google.com/u/1/photos/101136470995186599383/albums/6304444061488889601/6304444058921629586?sqi=106385565832370372141&sqsi=64bfeda6-026d-49cc-8a1d-912be07ef447&pid=6304444058921629586&oid=101136470995186599383

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários