A Nave de Carga Progress MS-08 É Lançada Para Uma Jornada de 2 Dias Até a ISS

Space Today
13 fev 2018

Depois de um adiamento de dois dias, a Progress MS-08, uma nave de carga autônoma da Rússia, está a caminho da Estação Espacial Internacional.

O lançamento no topo do foguete Soyuz 2.1a, aconteceu às 06:13, hora de Brasília, do dia 13 de Fevereiro de 2018, desde a Base de Lançamento 31 no Cosmódromo de Baikonur no Cazaquistão. A nave está carregando cerca de 1390 kg de carga seca, 890 kg de combustível, 420 kg de água, e 46 kg de oxigênio para o laboratório espacial.

A Progress MS-08 irá levar 34 órbitas perseguindo a ISS, antes de se acoplar ao módulo de serviço Zvezda. O acoplamento está programado para acontecer no dia 15 de Fevereiro de 2018, às 08:43, hora de Brasília.

O lançamento era para ter acontecido no dia 11 de Fevereiro de 2018. Contudo, a contagem regressiva foi parada menos de um minuto antes do lançamento planejado. Antes de abortar o lançamento, tudo parecia correr bem. Quando o relógio marcava 35 segundos para o lançamento, as duas torres umbilicais foram retiradas como planejado. Uma segunda torre, menor, que deve se retrair faltando 12 segundos para o lançamento, não retraiu, e os motores não foram ligados.

A ROSCOSMOS não anunciou qual foi a causa do cancelamento e porque a torre não funcionou como deveria ter funcionado. Contudo em Outubro de 2017, um cancelamento de lançamento aconteceu devido ao mesmo fato.

Como aconteceu em Outubro, essa nave Progress iria ser lançada para testar uma nova trajetória rápida até a ISS. Além da jornada de 34 órbitas, ou seja, 2 dias para aproximação da ISS, ou até mesmo de um perfil mais novo de 4 órbitas, ou seja, 6 horas, a Progress MS-08 iria tentar um perfil de apenas 2 óribtas e assim chegar na ISS, 3.5 horas depois do lançamento.

Mas para que esse perfil possa ser realizado é necessário um alinhamento preciso das órbitas e o cancelamento impediu que esse perfil de voo fosse novamente testado.

A Progress MS-08 foi lançada por um foguete Soyuz 2.1a com 46.1 metros de altura e 2.95 metros de largura. O foguete tem capacidade de enviar 7.8 toneladas métricas para a órbita baixa da Terra.

O foguete Soyuz 2.1a possui quarto boosters laterais de combustível líquido, cada um deles com um motor RD-107A. Eles envolvem o estágio central de 27.8 metros de altura, que possui um motor RD-108A.

Os boosters laterais consomem seu combustível e caem depois de apenas 2 minutos de voo. Depois, a coifa que protege a carga útil é ejetada com cerca de 3 minutos de voo. Com aproximadamente 5 minutos de voo, o estágio central também finaliza o seu trabalho e cai de volta na Terra.

O estágio superior com 6.74 metros de altura e com um motor RD-0110, finaliza o trabalho e coloca a Progress MS-08 na órbita correta, menos de 9 minutos depois de deixar o Cazaquistão.

Uma vez que a Progress se separa do estágio superior, suas várias antenas e seus painéis solares são deflagrados. A nave de carga começa então sua caçada de dois dias pela ISS.

O veículo ficará 6 meses acoplado a ISS. Nesse período a tripulação em órbita irá tirar toda a carga da nave depois irá carregar a nave com lixo e equipamento que não será mais usado. Em Agosto de 2018, a Progress MS-08 será desacoplada da ISS e enviada para queimar na atmosfera da Terra.

Fonte:

http://www.spaceflightinsider.com/missions/iss/progress-ms-08-cargo-ship-launches-two-day-trek-iss/

 

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.