A Imponente Estrutura Interna de Um Dos Telescópios Principais do VLT do ESO

Space Today
6 nov 2017

Users who have LIKED this post:

  • avatar

Quando o Sol se põe, os seus últimos raios iluminam o Very Large Telescope do ESO (VLT) enquanto ele se prepara para mais uma noite de observação do universo! Este ângulo incomum revela o interior de um dos quatro Telescópios Principais de 8,2 metros de compõem o VLT, instalado no alto do Cerro Paranal, no Chile.

A cúpula do telescópio desempenha um papel fundamental na preservação da posição do VLT como o observatório astronômico terrestre mais avançado do mundo. O enorme sistema de ar condicionado — visto na imagem como os dutos metálicos que serpenteiam em torno do telescópio — e a cúpula de vanguarda trabalham em uníssono para manter um perfeito ambiente de observação. A cúpula protege o telescópio das inóspitas condições externas e à noite protege os instrumentos sensíveis das condições atmosféricas adversas, como fortes ventos, que poderiam alterar a forma do fino espelho primário e prejudicar assim as observações.

Esta fotografia foi obtida pelo Embaixador Fotográfico do ESO Alexandru Tudorică.

Crédito:

ESO/A. Tudorică

Fonte:

http://www.eso.org/public/brazil/images/potw1745a/

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.