A Complexa Cauda de Íon do Cometa Lovejoy

Space Today
21 jan 2015

image

observatory_150105O que gera a estrutura na cauda do Cometa Lovejoy? O Cometa C/2014 Q2 (Lovejoy), que está atualmente tão brilhante que pode ser visto a olho nu, tem mostrado uma cauda de íon extremamente detalhada. Como o nome mesmo diz, a cauda de íon é feita de gás ionizado – gás energizado pela luz ultravioleta do Sol e empurrada para longe pelo vento solar. O vento solar é bem estruturado e esculpido pelo complexo e sempre em alteração campo magnético do Sol. O efeito da variação do vento solar, combinado com os diferentes jatos de gás emanando do núcleo do cometa é responsável pela complexa estrutura da cauda. Seguindo o vento, a estrutura na cauda do Cometa Lovejoy pode ser vista se movendo na direção oposta à do Sol, mesmo alterando a sua aparência ondulatória com o decorrer do tempo. A coloração azulada da cauda de íon é dominada pela recombinação das moléculas de monóxido de carbono, enquanto que a coloração esverdeada da coma ao redor do núcleo do cometa é criada principalmente por uma pequena quantidade de moléculas diatômicas de carbono recombinadas. A imagem mostrada acima é na verdade um mosaico gerado por três imagens feitas a nove dias atrás no Observatório IRIDA na Bulgária. O Cometa Lovejoy fez sua maior aproximação da Terra a duas semanas atrás e em dez dias fará sua maior aproximação do Sol. Após isso, o cometa começa a se apagar enquanto retorna para o Sistema Solar externo, e retornará para as vizinhanças da Terra em cerca de 8000 anos.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap150121.html

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários