A ORIGEM DAS PLACAS TECTÔNICAS | SPACE TODAY TV EP2275

MATRICULE-SE JÁ NO CURSO DE MARTE E GANHE UM PACOTÃO DE BÔNUS:

https://academyspace.com.br/marte

Uma das grandes características do planeta Terra, se comparado com outros planetas e objetos do Sistema Solar, é que ele é um objeto ativo geologicamente.

Uma das principais marcas dessa atividade são as placas tectônicas que dividem a crosta terrestre em grandes pedaços.

As regiões de borda de placa e de contato entre as placas são as regiões onde ocorrem o vulcanismo e os sismos na sua maioria.

Existem ainda estudos que dizem que o tectonismo é algo fundamental para a vida se desenvolver em um planeta, pois ele seria o responsável por transportar nutriente e renovar e moldar a crosta do planeta.

Embora hoje pareça bem claro, toda essa ideia de placa tectônica é relativamente recente, a teoria das placas tectônicas surgiu a aproximadamente 50 anos atrás.

E mesmo que hoje a gente saiba direitinho sobre as placas tectônicas existe ago que ainda é um grande mistério.

Qual a origem das placas tectônicas, como a superfície da Terra rachou criando esses grandes pedaços que se chocam, deslizam e mergulham uns contra os outros?

Um novo estudo está propondo uma origem para as placas tectônicas na Terra.

Toda a dinâmica da Terra, é estuda há muito tempo, inclusive um dos grandes pesquisadores dessa área é o Charles Darwin.

E ele e muitos pesquisadores haviam proposto uma ideia simples, o interior da Terra esquenta, esse aquecimento cria uma expansão, a crosta ao se expandir racha todinha, criando as placas tectônicas.

O problema é que o calor no interior da Terra é gerado pelo decaimento radioativo e com o passar do tempo menos calor é gerado, e com isso talvez a explicação mais interessante para as placas fosse a da contração e não da expansão.

Então agora um grupo de pesquisadores, rodou simulações que levam em consideração todo o regime de tensão da Terra, e com isso eles propuseram uma nova explicação para a origem das placas tectônicas.

E a base dessa nova ideia está em considerar qual foi o principal mecanismo de perda de calor da Terra nos seus primeiros períodos de vida.

O vulcanismo trazendo material quente do interior da Terra para a crosta pode ser esse mecanismo.

O calor seria perdido para o espaço e o material frio depositado na crosta da Terra, com o peso esse material afundaria, levando esse material frio para o fundo do planeta, isso teria um efeito na litosfera da Terra.

A litosfera estaria em contato direto com a parte mais quente e profunda e então começaria a aquecer por condução.

Esse aquecimento, seria o suficiente para fazer a litosfera expandir, essa expansão, faria com que a litosfera sofresse fraturamento e a rede de fraturas criada daria origem às placas tectônicas.

O trabalho ainda não está totalmente terminado, os pesquisadores pretendem melhorar o modelo que eles criaram com mais dados adquiridos de pontos específicos da Terra, assim, o modelo poderia ser atualizado.

Esse estudo em integração com outros estudos que estão sendo realizados têm um único objetivo, responder um dos maiores mistérios do nosso planeta, como e por que a Terra passou de uma bola de rocha derretida para um mundo rochoso, e com placas tectônicas?

Vamos aguardar novos trabalhos na área.

Fontes:

https://www.hku.hk/press/news_detail_21307.html

https://www.nature.com/articles/s41467-020-17480-2.pdf

#TECTONICPLATES #EARH #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.