V404 Cygni: Os Astrônomos Detectam Sinais de Atividade Extraordinária no Sistema Binário

Space Today
27 jun 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

image_2955e-V404-Cygni

Os astrônomos usando uma frota de telescópios orbitais, incluindo o Integral da ESA, o Swift da NASA, e o telescópio MAXI do Japão, estão observando uma forte explosão de raios-gamma e de raios-X produzidos por um buraco negro de pouca massa localizado no sistema binário conhecido como V404 Cygni.

O sistema V404 Cygni, localiza-se na constelação de Cygnus, a uma distância aproximada de 8000 anos-luz da Terra. Ele é um sistema binário composto de um buraco negro e uma estrela, ambos se orbitando.

Nesse tipo de sistema binário, o material flui da estrela em direção ao buraco negro e se aglomera num disco, onde ele é esquentado e brilha intensamente na luz óptica, no ultravioleta e nos comprimentos de ondas de raios-X, antes de espiralar e cair no buraco negro propriamente dito.

O V404 Cygni chamou a atenção pela primeira vez durante uma explosão de nova ocorrida a mais de 70 anos atrás em 1938.

O sistema também produziu uma erupção em 1989, que foi descoberta pelo satélite de raios-X japonês GINGA e pelos instrumentos de alta energia a bordo da estação espacial MIR.

A explosão de 1989 (Nova Cygni 1989) foi crucial no estudo dos buracos negros. Até então, os astrônomos conheciam somente poucos objetos que eles pensavam poderiam ser buracos negros, e o V404 Cygni foi um dos candidatos mais convincentes.

No dia 15 de Junho de 2015, os primeiros sinais de uma atividade renovada nesses sistema foram registrados pelo satélite Swift da NASA, detectando uma súbita explosão de raios-gamma, e então disparando as observações feitas com os telescópios de raios-X. Pouco depois, o japonês MAXI (Monitor of All-sky X-ray Image) observou um flare de raios-X da mesma parte do céu.

Como parte do esforço mundial, o Observatório de Raios-Gamma INTEGRAL da ESA começou a monitorar a explosão do burado negro no dia 17 de Junho de 2015.

“O comportamento dessa fonte é extraordinário no momento, com repetidos flashes brilhantes de luz numa escala de tempo muito curta de uma hora, alo raramente viso em outros sistemas de buracos negros. Nesses momentos, esse se torna o objeto mais brilhante do céu em raios-X, mais de 50 vezes mais brilhantes, do que a Nebulosa do Caranguejo, normalmente uma das fontes mais brilhantes nas altas energias no céu”, disse o Dr. Erik Kuulkers da ESA, um cientista para a missão INTEGRAL.

Desde a primeira explosão registrada em 15 de Junho de 2015, o sistema permaneceu muito ativo, deixando os cientistas muito ocupados.

Existem poucos sistemas binários de buracos negros para os quais os dados tenham sido coletados simultaneamente em muitos comprimentos de onda, e a explosão atual do V404 Cygni oferece uma rara chance de integrar mais observações desse tipo.

Nas últimas semanas, algumas equipes de astrônomos ao redor do mundo publicaram mais de 20 Astronomical Telegrams e outras comunicações oficiais, compartilhando o progresso das observações nos diferentes comprimentos de onda.

“Agora que esse extremo objeto acordou novamente, nós estamos todos famintos para aprender mais sobre o motor que gera as explosões que nós estamos observando”, disse o Dr. Carlo Ferrigno, do Integral Science Data Center na Universidade de Genebra na Suíça.

“A comunidade não poderia estar mais feliz: muitos de nós não éramos astrônomos profissionais, no momento da primeira atividade, e os instrumentos e instalações disponível na época não podem ser comparadas com a frota de telescópios espaciais e a vasta rede de observatórios em terra que nós podemos usar hoje. Essa é definitivamente uma oportunidade que acontece uma vez na vida de um profissional”, disse o Dr. Kuulkers.

O Dr. Peter Kretschmar da ESA, um gerente para a missão INTEGRAL, adicionou: “as observações, em breve se tornarão disponíveis para o público, de modo que os astrônomos em todo mundo poderão explorá-las para aprender mais e mais sobre esse objeto único”.

Fonte:

http://www.sci-news.com/astronomy/science-v404-cygni-black-hole-binary-system-02955.html

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários