Toda História Tem Um Começo – A Primeira Imagem Feita Pelo Telescópio Espacial Hubble

Space Today
23 abr 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

hs-1990-04-a-web_print

Toda história tem um começo. Essa semana, mais precisamente, no dia 24 de Abril de 2015, estamos comemorando os 25 anos do Telescópio Espacial Hubble no espaço. Depois de 25 na órbita da Terra, o Hubble já mandou para nós centenas de milhares de imagens, uma mais sensacional que a outra. Mas você já parou para se perguntar qual foi a primeira? Muitos que devem estar lendo esse post devem ter menos de 25 anos e com certeza, não se lembram do início da história. Para refrescar a memória de todos e apresentar para aqueles que nunca viram, resolvi escrever esse post com a primeira imagem enviada para a Terra desde o Telescópio Espacial Hubble, ou melhor dizendo, onde tudo começou!!!

A primeira imagem do Hubble não foi nada espetacular, não mostrava nenhuma explosão estelar, ou uma nebulosa maravilhosa, essa primeira imagem foi feita para ajudar na operação de foco do telescópio. A região observada está centrada na estrela HD96755 de magnitude 8.2 no aglomerado aberto de estrelas NGC 3532, na constelação do sul de Carina. A imagem do Hubble, é comparada com uma imagem feita da Terra, pelo Observatório de Las Campanas no Chile. Subseções do mesmo tamanho de imagens feitas pelo Hubble e pelo telescópio no Chile foram escolhidas para destacar as diferenças em resolução. O campo mostrado é de aproximadamente 11 x 14 arcos de segundo em tamanho e não contém somente a HD96755.

A imagem em Terra foi feita pelo Dr. Eric Persson no Observatório de Las Campanas no Chile, usando o telescópio refletor DuPont de 100 polegadas. A integração de três segundos foi feita com uma CCD parecida com a usada pelo Hubble. Um filtro de banda larga visual equivalente ao do Hubble também foi usado. O pequeno campo mostrado, foi extraído de uma área observada cobrindo 130 arcos de segundo de lado.

A imagem do Hubble é de 30 segundos de exposição feita com a Wide Field/Planetary Camera. A foto foi extraída de uma área observada pela WF-3 OCD usando o fltro de banda larga F555W.

O que se pode notar na comparação das imagens é que as estrelas na imagem do telescópio baseado em Terra são nebulosas e em alguns casos aparecem sobrepostas, devido ao efeito da atmosfera da Terra. As mesmas estrelas imageadas pelo Hubble são mais nítidas e bem resolvidas, como se pode ver na estrela dupla mostrada na parte superior da imagem. Evitando a atmosfera da Terra o Hubble consegue imagens de melhor resolução e nitidez. Na época, um cálculo aproximado dizia que as imagens do Hubble eram 50% mais nítidas do que as imagens feitas da Terra.

Essa imagem foi lançada no dia 20 de Maio de 1990, ou seja, menos de um mês depois do Hubble ter sido colocado em órbita. Em Novembro de 1993 foi feita a famosa imagem da galáxia espiral M100 que mostrava claramente o problema óptico do Hubble. Depois dessa constatação o Hubble foi consertado, e depois passou por 4 missões de serviço para atualização dos equipamentos e manutenção. São 25 anos no espaço revelando as maravilhas do universo para todos nós e muita história para ser contada. Parabéns Hubble!!!

Fonte:

http://hubblesite.org/newscenter/archive/releases/1990/04/image/a/

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários