THUMBNAIL_EP_39

Space Today TV Ep.39 – Resumo Semanal de Notícias – 7 a 11 de Setembro

Space Today
14 set 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

1 – Retorno para a Terra

No dia 11 de Setembro, a bordo da ISS, a tripulação da Expedição 45, incluindo o comandante, Scott Kelly, e Kjel Lindgren da NASA se despediram de Gennady Padalka da ROSCOSMOS, Andreas Mogensen da ESA e Aidyn Aimbetov da KAZCOSMOS.

Os três entraram na nave Soyuz e retornaram para a Terra, pousando com sucesso no Cazaquistão no final do dia 11 de Setembro de 2015.

Esse retorno representou o encerramento de 168 dias de voo de Padalka e 8 dias de voo de Mogensen e Aimbetov.

 

2 – Soldagem dos segmentos do primeiro módulo de tripulação da Orion

Engenheiros da NASA no Michoud Assemby Facility em Nova Orleans soldaram os dois primeiros segmentos do próximo módulo de tripulação Orion.

Isso faz a NASA dar mais um passo rumo ao sonho de enviar astronautas para Marte.

A estrutura primária do módulo de tripulação da Orion é constituída de sete grandes peças de alumínio que serão soldadas usando técnicas estado da arte chamada de friction-stir-welding, com o objetivo de produzir uma junção muito resistente.

Esse módulo da Orion será lançado no novo foguete da NASA, o Space Launch System, ou SLS, num voo de teste que irá além do lado escuro da Lua.
3 – Construção do Estágio Adaptador do Veículo de Lançamento SLS

No Marshall Space Flight Center em Hunstville, Alabama, painéis para uma versão de teste do Adaptador de Estágios do Veículo de Lançamento SLS, estão sendo soldados.

Esse peça é fundamental pois ela conecta duas grandes seções do SLS, o estágio principal e o estágio superior.

Quando as versões de teste de todas as partes do foguete estiverem prontas, os engenheiros irão transferir toda a estrutura para a estante de testes (apresentada no último resumo de notícias) para verificar a integridade do equipamento.
4 – Rover Curiosity Fotografa Dunas de Areia Petrificadas em Afloramento Marciano

O rover Curiosity registrou num afloramento em Marte, feições geológicas, conhecidas como estratificação cruzada que indicam que essas feições foram dunas formadas em ambientes eólicos no passado.

As imagens foram feitas no dia 27 de Agosto de 2015, e devido a essa identificação, os membros da equipe estão estudando a possibilidade do Curiosity realizar outra perfuração, nessa região chamada de Stimson, com o objetivo de estudar em detalhe as amostras obitdas.

Todas essas análises servirão para os pesquisadores concluírem como o clima e o ambiente de Marte, se alterou com o passar das eras.

Post no blog http://www.spacetoday.com.br

http://spacetoday.com.br/imagem-do-rover-curiosity-mostra-dunas-de-areia-petrificadas-em-afloramento-marciano/
5 – Atualizações da New Horizons

O tão esperado momento que levará um ano de download de dados e imagens da sonda New Horizons começou.

Nesse momento, novas imagens de alta resolução já foram baixadas, imagens essas que revelam a diversidade e a complexidade de Plutão.

Nessas imagens pode-se observar feições similares a dunas, fluxos de gelo aparentemente saindo das regiões montanhosas em direção às planícies, lagos de gelo e até mesmo redes de vales que podem ter sido cavados pelo material fluindo na superfície de Plutão.

As imagens mostram mais do que o dobro da quantidade da superfície de Plutão observada nas primeiras imagens e em alta resolução.

Post no blog http://www.spacetoday.com.br

http://spacetoday.com.br/novas-imagens-de-plutao-feitas-pela-sonda-new-horizons-revelam-um-mundo-extremamente-complexo/
6 – Aglomerado de Galáxia Com um Coração vibrante

Usando os telescópios espaciais Spitzer e Hubble os astrônomos descobriram num aglomerado de galáxias, uma grande formação de estrelas no seu núcleo.

Essa descoberta vai contra o que se pensava anteriormente, de que no coração de aglomerados de galáxias só existiriam estrelas muitos velhas e mortas.

Os astrônomos descobriram que uma grande galáxia no centro do aglomerado, se fundiu com uma galáxia menor, cheia de gás, e com essa fusão, uma taxa elevada de novas estrelas estão sendo formadas.

Esse tipo de fusão já foi observada em outros aglomerados mas sem a geração de tantas estrelas, o que levou os cientistas a concluírem que, devido à distância do aglomerado estudado esse pode ser um padrão no início do universo, ou que o aglomerado é uma exceção.
Post no blog http://www.spacetoday.com.br

http://spacetoday.com.br/telescopios-da-nasa-descobrem-aglomerado-de-galaxias-com-um-vibrante-coracao/

Meus contatos:

BLOG: http://www.spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday1

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

  • Diovanni Souza

    Sérgio,

    Eu acho que o nome do site é bem condizente com a proposta do mesmo, além de ser um bom nome, sonoro e de fácil compreensão.

    Abs!