thumbnail_ep_24

Space Today TV Ep.24 – Pontos Brilhantes da Cratera Occator e a Montanha de 6km em Ceres

Space Today
8 ago 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

Imagens detalhadas tridimensionais destacam uma grande montanha, os pontos brilhantes e outras feições no planeta anão Ceres em um novo vídeo lançado pela NASA, da missão da sonda Dawn.

Uma proeminente montanha com listras brilhantes em seus taludes íngremes está fascinando os cientistas. A forma do pico é parecida com um cone ou com uma pirâmide. Ela parece ter cerca de 6 quilômetros de altura, com relação à superfície ao redor, de acordo com as últimas estimativas. Isso significa que essa montanha tem a mesma elevação do Monte McKinley no Denali National Park no Alasca, o ponto mais alto da América do Norte.

“Essa montanha está entre as feições mais altas que nós observamos em Ceres até o momento”, disse Paul Schenk, um membro da equipe científica da sonda Dawn, um geólogo no Lunar and Planetary Institute em Houston. “É incomum o fato dela não estar associada com uma cratera. Por que ela está nomeio do nada? Nós não sabemos ainda, mas provavelmente iremos descobrir com observações que serão feitas, mais próximas de Ceres”.

O que também intriga os cientistas é a Cratera Occator, o lar dos pontos mais brilhantes de Ceres. Uma nova animação simula a experiência de se sobrevoar essa área bem de perto. A cratera recebeu o nome de uma divindade romana, relacionada a um método de se pulverizar e suavizar o solo.

PIA19617_hires

Examinando a maneira como os pontos brilhantes da Occator refletem a luz em diferentes comprimentos de onda, a equipe de ciência da sonda Dawn não encontrou evidências que sejam consistentes com gelo. O albedo das manchas – uma medida da quantidade de luz que é refletida – é também menor do que as previsões para as concentrações de gelo na superfície.

“A equipe de ciência está continuando a avaliar os dados e discutir as teorias sobre esses pontos brilhantes em Occator”, disse Chris Russel, principal pesquisador da missão Dawn, na Universidade da Califórnia em Los Angeles. “Nós estamos agora comparando as manchas com as propriedades refletivas do sal, mas a fonte das manchas ainda é um mistério. Nós estamos esperando por dados novos com maior resolução da próxima fase orbital da missão”.

Uma animação da geografia geral de Ceres, também disponível em 3D, mostra essas feições em contexto. A Occator localiza-se no hemisfério norte onde a alta montanha está mais para o sudeste (11 graus sul, 316 graus leste).

PIA19618_hires

“Existem muitas outras feições que nós estamos interessados em estudar posteriormente”, disse David P’Brien da equipe de ciência da sonda Dawn, com o Planetary Science Institute, em Tucson, no Arizona. “Entre elas, podemos destacar, um par de grandes bacias de impacto, chamadas de Urvara e Yalode, no hemisfério sul, que tem numerosas fraturas se estendendo para longe delas, e a grande bacia de impacto Kerwan, cujo centro está um pouco ao sul do equador”.

Ceres é o maior objeto localizado no cinturão principal de asteroides entre Marte e Júpiter. Graças aos dados adquiridos pela Dawn, desde que a sonda chegou na órbita de Ceres, os cientistas, revisaram sua estimativa original do diâmetro médio de Ceres para 940 quilômetros. A estimativa anterior era de 950 quilômetros.

A sonda Dawn retomará suas observações de Ceres em meados do m6es de Agosto de 2015 de uma altitude de 1500 quilômetros, ou seja, três vezes mais perto de Ceres do que a órbita anterior.

No dia 6 de Março de 2015, a sonda Dawn fez história, sendo a primeira missão a alcançar um planeta anão, e a primeira sonda a orbitar dois alvos extraterrestres distintos. A sonda Dawn conduziu observações intensas em Vesta entre os anos de 2011 e 2012.

A missão da Dawn, é gerenciada pelo Laboratório de Propulsão a Jato da NASA para o Science Mission Directorate da agência em Washington. A sonda Dawn é um projeto do Discovery Program, gerenciado pelo Marshall Space Flight Center da NASA em Huntsville, no Alabama. A UCLA é responsável pela missão científica geral da sonda Dawn. A empresa Orbital ATK Inc., em Dulles, Virginia, desenhou e construiu a sonda. O German Aerospace Center, o Max Planck Institute for Solar System Research, a Agência Espacial Italiana e o Instituto Nacional de Astrofísica Italiano, são parceiros internacionais na equipe da missão. Para uma completa lista dos participantes da missão, visite:

http://dawn.jpl.nasa.gov/mission

Maiores informações sobre a missão da sonda Dawn, estão disponívei nos seguintes sites:

http://dawn.jpl.nasa.gov

http://www.nasa.gov/dawn

PIA19615_hires

Fonte:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?feature=4677

Meus Contatos:

BLOG: http://www.spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday1

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

  • Herbert Azzi

    Muito Legal!!