Rosetta_s_comet_contains_ingredients_for_life

Sonda Rosetta Detecta Ingredientes Para a Vida Em Cometa – Space Today TV Ep.264

Space Today
1 jun 2016

Users who have LIKED this post:

  • avatar

Rosetta_s_comet

Por muito tempo, os cientistas têm debatido sobre a possibilidade de cometas e asteroides terem transportado para a Terra, a água e os compostos orgânicos, ajudando de forma decisiva a semear a vida no nosso planeta.

Na sua jornada na órbita do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, a sonda Rosetta já mostrou que a água ali existente é diferente da água encontrada na Terra.

A questão sobre os compostos orgânicos ainda estava em aberto. Entre os compostos orgânicos, os aminoácidos são biologicamente importantes, pois eles contêm carbono, oxigênio, hidrogênio, nitrogênio, e formam dessa assim a base das proteínas.

Em amostras estudadas do cometa Wild-2 que retornaram para a Terra em 2006, os cientistas encontraram vestígios de glicina, o mais simples dos aminoácidos, porém não chegaram a nenhum resultado conclusivo, pois havia a possibilidade das amostras estarem contaminadas.

Rosetta_s_comet_contains_ingredients_for_life

Agora, pela primeira vez na história, a sonda Rosetta conseguiu de maneira não ambígua detectar diretamente e repetidas vezes a glicina, na atmosfera, ou seja, na coma do cometa.

Além disso, a sonda Rosetta detectou também outras moléculas orgânicas que podem ser precursoras da glicina.

No ambiente do cometa, a glicina tem um comportamento peculiar , se transformando em gás somente a poucos graus abaixo de 150 graus Celsius, o que significa que somente uma pequena quantidade é lançada pelo cometa, dificultando a sua detecção.

Um fato interessante sobre a glicina, é que ela é o único aminoácido conhecido capaz de se formar sem a necessidade da presença da água líquida.

Além da glicina, a sonda Rosetta também detectou fósforo, um elemento muito importante, pois é encontrado, por exemplo, no DNA e nas membranas celulares.

Existe obviamente uma incerteza muito grande sobre como era a química no início do planeta Terra, por isso estudar os cometas é tão importante, eles estão praticamente inalterados desde a formação do Sistema Solar a 4.5 bilhões de anos atrás. E com os compostos químicos detectados agora pela sonda Rosetta, fica claro que os cometas guardam os ingredientes fundamentais para a vida e que no início da história do nosso sistema podem sim, ter semeado a vida na Terra.

Prebiotic chemicals in_the_coma_of_comet_67_p_churyumov_gerasimenko from Sérgio Sacani

Fonte:

http://www.esa.int/Our_Activities/Space_Science/Rosetta/Rosetta_s_comet_contains_ingredients_for_life

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr