Sonda Parker Solar Probe Que Irá Tocar O Sol Chega na Flórida

Space Today
9 abr 2018

A sonda Parker Solar Probe da NASA chegou na Flórida para os preparativos finais para o seu lançamento para o Sol, lançamento que deve acontecer em 31 de Julho de 2018.

No meio da noite, do dia 2 de Abril de 2018, a sonda foi levada do Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Maryland, para a Joint Base Andrews em Maryland. Dali ela voou a bordo do 436th Airlift Wing da Força Aérea Norte-Americana para o Space Coast Regional Airport em Titusville, na Flórida, onde chegou às 11:40 hora de Brasília. Ela então foi transportada até o Astrotech Space Operations, também em Titusville, onde ela continuará sendo testada, e eventualmente passará por uma montagem final e então será colocada no terceiro estágio do foguete Delta IV Heavy que fará o lançamento da sonda.

A Parker Solar Probe é a primeira missão que será mandada para o Sol. Depois do lançamento, ela entrará numa órbita diretamente através da atmosfera solar, a coroa, e chegará mais perto da superfície do Sol do que qualquer objeto já chegou. Enquanto estiver enfrentando um calor brutal e uma radiação mortal, a missão irá revelar a ciência fundamental por trás do que gera o vento o solar, o fluxo constante de material que é emanado do Sol, e que molda as atmosferas planetárias e afeta o clima espacial perto da Terra.

De acordo com a equipe, esse foi o segundo voo mais importante que a Parker Solar Probe irá fazer, e todos estão muito animados dela ter chegado bem na Flórida.

Na Astrotech, a Parker Solar Probe foi colocada na chamada sala limpa e removida de seu container protetor, na quarta-feira, dia 4 de Abril de 2018. A sonda então começou uma série de testes para verificar se ela não foi danificada na viagem até a Flórida. Pelas próximas semanas a sonda irá passar por mais testes. Depois ela será abastecida, e o Sistema de Proteção Térmica da sonda, um dos seus principais elementos será instalado. O TPS como é chamado, usa tecnologia de ponta e é isso que permitirá que a sonda sobreviva ao calor intenso da coro solar.

A instalação do TPS será a última etapa antes de encapsular a sonda e integrá-la ao veículo lançador.

Durante a sua missão de sete anos, a Parker Solar Probe, irá explorar a atmosfera externa do Sol e fazer observações críticas para responder questões que duram décadas sobre a física das estrelas. Seus dados serão também úteis para melhorar a previsão de grandes erupções no Sol e para entender bem os eventos do clima espacial que impactam diretamente a tecnologia na Terra, os satélites e os astronautas no espaço. A missão recebeu esse nome em homenagem ao Professor Emérito da Universidade de Chicago, Eugene N. Parker, que fez profundos estudos sobre a física solar e os processos que ocorrem no Sol. Essa é a primeira missão da NASA que foi denominada em homenagem a alguém individualmente.

Fonte:

https://phys.org/news/2018-04-nasa-mission-sun-florida.html

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.

X
Conheça a Loja do SpaceToday!