image_3314_1e-Nix (1)

Sonda New Horizons Envia Para a Terra Imagens das Pequenas Luas de Plutão – Nix e Hydra

Space Today
9 out 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

image_3314_1e-Nix (1)

Nix e Hydra, duas das pequenas luas de Plutão, aparecem de forma super nítida nas imagens mais recentes lançadas pela sonda New Horizons da NASA.

Nix e Hydra, foram descobertas em 2005, um pouco antes da sonda New Horizons ter sido lançada em 2006, por uma equipe de astrônomos usando o Telescópio Espacial Hubble.

Essas luas são cerca de 5000 vezes mais apagadas que Plutão, quando vistas da Terra, e estão numa órbita cerca de duas a três vezes mais afastada de Plutão do que a sua maior lua, Caronte.

Nix e Hydra são muito menores que Caronte e possuem uma forma bem irregular.

Estima-se que Nix tenha cerca de 26 milhas de comprimento por 22 milhas de largura, enquanto que Hydra, deve ter 34 milhas de comprimento por 25 milhas de largura.

“Nix é a segunda maior lua das pequenas luas de Plutão e foi a mais próxima da New Horizons, durante o sobrevoo que a sonda fez pelo sistema no dia 14 de Julho de 2015, por isso nós temos imagens melhores dela do que das outras luas menores”, disse o Dr. Simon Porter, um membro da equipe da New Horizons e um cientistas planetário do Southwest Research Institute em Boulder, no Colorado.

image_3314_2e-Nix (1)

“Assim, nós conseguimos fazer o download de imagens de Nix, obtidas em três diferentes momentos pela câmera de alta resolução LORRI da sonda New Horizons, mas a melhor imagem ainda está armazenada no disco da sonda para ser enviada para a Terra”.

“Nós sabíamos que o brilho de Nix regularmente mudava com o tempo, e por isso existia a probabilidade que ela fosse uma lua alongada. Contudo, a primeira imagem realmente nos surpreendeu, pois Nix aparece arredondada e não alongada”, disse o Dr. Porter.

“A imagem seguinte nos mostrou Nix mais alongada, mas com uma grande surpresa, ela tinha uma grande cratera”.

A última imagem de Nix, disponível até o momento para a equipe da New Horizons, foi feita logo depois da sonda ter passado por Plutão e mostra a lua com sua fase crescente.

“Pelo fato de Nix não ter atmosfera, essa imagem feita de trás não é tão espetacular como as imagens de Plutão, mas medindo o brilho dessa faixa crescente de luz pode nos ajudar a dizer sobre o que a superfície de Nix é feita, e se a superfície é suave ou coberta por pedaços de rochas”, explicou o Dr. Porter.

A sonda New Horizons também imageou Hydra, e enviou algumas dessas imagens para a Terra.

“Infelizmente, Hydra estava do lado oposto de Plutão durante a passagem da New Horizons, assim as imagens de Hydra são mais distantes e com resolução mais baixa do que aquelas feitas de Nix”, disse o Dr. Porter.

“Pelo fato da órbita de Hydra ainda ser algo incerto, os planejadores da missão desenharam sua observação para ser um mosaico de seis imagens sobrepostas”.

“À medida que íamos virando e passando, nós fizemos imagens de Hydra bem na intersecção de quatro dessas seis imagens, significando que nós pudemos obter duas imagens completas e duas imagens da metade de Hydra, pelo preço de uma”.

“A composição dessas imagens mostra que Hydra tem uma forma muito mais complicada que Nix e parece ser uma versão bem maior do cometa 67P/churyumov-Gerasimenko, que atualmente está sendo estudado pela sonda Rosetta”.

“Como algumas teorias estão sendo propostas para o 67P/Churyumov-Gerasimenko, é possível que Hydra também seja o resultado da colisão em baixa velocidade de duas luas mais antigas de Plutão”.

“As some have proposed for 67P/Churyumov-Gerasimenko, it is possible that Hydra is the result of a low-speed collision of two older moons.”

image_3314_3e-Hydra (1)

Fonte:

http://www.sci-news.com/space/science-plutos-moons-nix-hydra-03314.html

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários