image_3227_2e-Mars-South-Pole

Sonda Mars Express da ESA Faz Bela Imagem Da Calota Polar Sul de Marte e de Seus Planaltos

Space Today
12 set 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

Mars_south_pole_and_beyond

Uma observação incomum feita pela sonda Mars Express mostra uma visão que cobre uma região de Marte que vai desde a sua calota polar até suas terras altas, repletas de crateras.

A imagem foi feita com a High-Resolution Stereo Camera da sonda Mars Express da ESA no dia 25 de Fevereiro de 2015.

Durante uma campanha de imageamento científico, a câmera normalmente faz imagens apontando diretamente para baixo na direção da superfície, de um ponto próximo ao longo da sua órbita elíptica desde uma altura de cerca de 300 km.

Mas nessa observação incomum, conhecida como “vassoura de calibração”, a Mars Express volta a sua câmera para fazer uma varredura da superfície de um ponto na sua órbita mais distante do planeta, nesse caso, cerca de 9900 km.

image_3227_2e-Mars-South-Pole

Esse tipo de visão de grande angular, permite que a câmera registra uma grande variedade de feições nas mesmas condições de iluminação, permitindo que se possa fazer a calibração dos sensores na câmera.

Na parte inferior da imagem está a calota polar sul do planeta, composta de água congelada e de gelo de dióxido de carbono. Essa feição muda de tamanho e de forma dependendo da estação do ano. Essa imagem foi capturada durante o verão na região polar sul de Marte, mas durante o inverno o gelo se estende para as regiões suaves que podem ser vistas ao redor da calota.

A porção intermediária da imagem corresponde aos antigos planaltos no hemisfério sul do planeta – essa região é coberta por uma grande densidade de crateras de impacto de tamanhos variados e com diferentes estados de erosão, com muitas crateras se sobrepondo.

Numerosos padrões de depósitos de dunas empoeirados e escuros, também são visíveis, depósitos esses que foram soprados pelo vento e que se acumularam em crateras de impacto e nos vales.

Na parte superior esquerda da imagem uma porção da gigantesca bacia Hellas pode ser vista. Essa feição se espalha por mais de 2200 km em diâmetro e chega a ter até 8 km de profundidade.

Dois canais proeminentes, o Dao Vallis e o Niger Vallis, podem ser vistos no anel da bacia, marcados como linhas finas e escuras na imagem.

Manchas observadas na parte superior da imagem são atribuídas a nuvens, enquanto que uma fina e delicada camada da atmosfera segue a curvatura do planeta no horizonte.

Hazy patches seen in the upper part of the image are attributed to clouds, while a thin, delicate layer of atmosphere follows the curvature of the planet at the horizon.

Mars_south_pole_and_beyond_topography

Fonte:

http://www.esa.int/Our_Activities/Space_Science/Mars_Express/Sweeping_over_the_south_pole_of_Mars

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários