Rosto na Superfície da Lua – Um Exemplo Clássico da Pareidolia (Mas Para Alguns Um Rosto De Uma Espécie Antiga e Inteligente de Alienígenas)

Space Today
10 abr 2014

rosto_lua_01


observatory_150105Olá queridos leitores, os absurdos não param mesmo. Pelo menos dessa vez o alvo não é Marte, mas sim a Lua. Existe um fenômeno da mente humana conhecido como pareidolia, basicamente é um fenômeno psicológico que envolve alguns estímulos, e os exemplos mais comuns são aqueles relacionados com a observação de animais em nuvens, faces, isso mesmo, faces, guarde essa palavra, em nuvens, e em outros objetos. Na verdade, se você chegar para uma pessoa, apontar para uma nuvem e com a própria mão desenhar algo para ela, e falar, olha aqui, você está vendo essa nuvem em forma de cachorro, a pessoa irá ficar sugestionável a ver essa forma na nuvem em que você apontou.

O espaço é replete desses exemplos. Constelações, nebulosas, galáxias, todos esses objetos podem ser associados a determinadas figuras mais familiares. Um exemplo famoso desse fenômeno é a própria Face Marciana, onde num jogo de sombras e relevo, é possível ver um rosto no solo do planeta Marte. O pior de tudo isso é que existem pessoas especializadas em encontrar formas familiares em objetos celestes. E mais uma vez, quando essa informação é passada pra frente, você acaba gerando um exército de pessoas ignorantes.

A pareidolia e a face voltaram a tona hoje, mas dessa vez não um rosto em Marte, mas sim na Lua. A imagem é mostrada como a imagem principal desse post, e mais uma vez foi retirada do site UFO Sightings Daily (http://www.ufosightingsdaily.com/2014/04/alien-face-on-moons-surface-april-10.html). E nela você já vê a delimitação feita pela pessoa que alega que esse é o rosto de um ser alienígena. Em primeiro lugar vamos ver o que eles falam. O post original diz que essa é uma face única em meio a todas que já foram vistas pois ela apresenta a cabeça como um todo. Agora começam os absurdos, o primeiro diz que ao olhar para essa face, podemos ver como os alienígenas realmente se parecem. Mas a cereja do bolo sempre está no final, a fonte da notícia diz que essas são espécies muito inteligentes e muito antigas.

rosto_lua_02


Vamos a algumas considerações. Será que só olhando um rosto na superfície de um objeto distante podemos tirar tantas conclusões assim sobre esses possíveis seres? Quando você olha alguém cara a cara, você já sabe se a pessoa é inteligente ou não? Não dá, não é mesmo? Outro ponto a ser destacado, essa imagem foi feita pela sonda LRO da NASA. Essa sonda possui uma determinada ao redor da Lua e as imagens que ela faz dependem claramente do ângulo com o qual ela fotografa a Lua e principalmente com o ângulo de iluminação. Então vamos lá, supondo que seja real esse rosto, será que ele aparece em outras imagens feitas em condições diferentes? Eu acredito que não. A imagem original da NASA encontra-se nesse link: http://wms.lroc.asu.edu/lroc/view_lroc/LRO-L-LROC-2-EDR-V1.0/M1141785879RE.

Na imagem da NASA pode-se ver claramente que o que é dito como sendo uma face, é uma formação rochosa que aparece bem próximo ao anel de uma cratera grande, cratera essa que está totalmente na sombra. Além disso se olharmos um pouco mais para a direita, veremos um conjunto de crateras certamente num local mais alto e recebendo uma iluminação do Sol que faz com que elas pareçam mais brilhantes. Além do mais a região onde aparece esse possível rosto se apresenta muito acidentada, com muitas crateras e dobramentos que são ideais para gerarem as sombras e criarem a imagem que quisermos.

Mais uma vez podemos ver um exemplo claro do sensacionalismo que pode ser gerado graças um simples jogo de sombras e luzes. Mas acho que o que me deixa mais assustado é a convicção com a qual se afirmam determinadas coisas. Em momento algum são levantadas hipóteses. A conclusão já existe e pronto. E vocês o que acham de tudo isso? Deixem aí nos comentários.

rosto_lua_03


alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.