Poeira do Saara Faz A Neve Ficar Laranja Em Parte do Leste Europeu

Space Today
28 mar 2018

/

Talvez isso seja como esquiar em Marte.

No final de Marte de 2018, as pessoas no Leste da Europa e a Rússia, viram a sua neve coberta com uma tonalidade laranja bem distinta. A cor veio de uma vasta quantidade de poeira do Saara que foi soprada por fortes ventos que sopraram sobre o Mar Mediterrâneo, e depositou a poeira na Bulgária, Romênia, Moldávia, Urânia e Rússia. Esquiadores nas Montanhas Cáucaso fizeram várias fotos que parecia que eles estavam esquiando no Planeta Vermelho.

O instrumento Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer, ou MODIS, a bordo do satélite Aqua da NASA adquiriu uma imagem em cor natural da neve empoeirada no Leste Europeu em 24 de Março de 2018. O instrumento MODIS no satélite Terra adquiriu a segunda imagem, uma visão em cor natural da poeira do Norte da África soprando através do Mar Mediterrâneo em 26 de Março de 2018. Tempestades de poeira ainda sopraram pelo dia 27 de Março, como mostra outra imagem do satélite Terra na região do Mar Negro.

NA Grécia, Creta, e Chipre, as partículas aéreas reduziram de forma significante a visibilidade por dias, e as pessoas descreveram que o ar estava com um gosto de poeira enquanto eles andavam nas ruas. As autoridades alertaram as crianças, os idosos e pessoas com doença respiratória para ficar em casa a maior parte do tempo possível. De acordo com algumas agências de notícias, o Observatório de Atenas nomeou esse evento do maior depósito de poeira já registrado na Grécia.

Ventos de sul e sudoeste associados com um sistema climático de baixa pressão parece ter abastecido o fluxo de poeira na Europa. Essas plumas de poeira foram vistas misturadas com nuvens que cobriam o Mar Negro numa imagem de 23 de Março de 2018 feita pelo satélite Suomi NPP. Algumas das partículas aéreas se misturaram na neve e na chuva que caíram na região em 23 e 24 de Março de 2018. O instrumento Ozone Mapping & Profiler Suite, ou OMPS no satélite Suomi NPP detectou altos níveis de aerossóis sobre a região entre 20 e 25 de Março de 2018.

Tempestades de areia são comuns no Saara na primavera, enquanto o clima muda com as estações. Grandes eventos de poeira tendem a ocorrer a cada cinco anos, apesar de muitos observadores descreverem esse como um evento particularmente intenso.

Fonte:

https://earthobservatory.nasa.gov/IOTD/view.php?id=91903&src=eorss-iotd

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.