Placas Tectônicas Não São Necessárias Para Sustentar a Vida – Space Today TV Ep.1391

Space Today
31 jul 2018

—————————————————————————–

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!

http://www2.spacetodaystore.com

Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

—————————————————————————–

Para quem acha que eu só trago notícia ruim quando o tema é vida no universo, hoje tem uma notícia boa.

Eu já falei em vários vídeos aqui no canal, que para um planeta ter vida, ele não precisa ter só água, ele precisa também ter placas tectônicas.

As placas tectônicas e a atividade geológica de um planeta era pensada como sendo algo essencial para que a vida pudesse existir.

As placas tectônicas criam ciclos no planeta que são muito importantes, como por exemplo o ciclo do carbono.

É a movimentação das placas através da subducção que leva e traz minerais e elementos químicos de um ponto a outro do planeta, e isso também era pensado como fundamental para a vida.

Os planetas sem placa tectônicas são conhecidos como planetas estagnados, onde a crosta é formada por uma gigantesca placa flutuando sobre o manto, e como a Terra é o único planeta que conhecemos onde existe placas tectônicas, esse requisito estava diminuindo e muito a chance de se encontrar vida.

Porém, na ciência é assim, um problema é posto e ele começa a ser investigado de forma exaustiva.

Um grupo de pesquisadores resolveu fazer várias simulações de planetas sem placas tectônicas, variando a composição química e o tamanho do planeta.

E eles descobriram que esses planetas podem sim sustentar a vida, por até 4 bilhões de anos, o tempo de vida da Terra.

Embora não tenham placas tectônicas esses planetas podem ter vulcanismo, graças a derramamentos de lava e acumulações que com o passar do tempo geram vulcões.

Além disso, através de um processo chamado de desgaseificação, pode ocorrer um ciclo, parecido com o ciclo do carbono encontrado na Terra.

O dióxido de carbono pode vazar em determinados pontos graças a esse processo.

Para os pesquisadores o fundamental para um planeta ter vida é a presença e a quantidade de elementos que podem produzir calor.

E com isso, aumenta e muito o número de planetas que podem conter vida no universo.

Fonte:

https://phys.org/news/2018-07-plate-tectonics-sustain-life.html

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.