Os Abismos e as Crateras de Caronte

Space Today
13 jul 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

071215_charon_alone

As mais novas imagens da sonda New Horizons revelam a maior lua de Plutão, Caronte como sendo um mundo repleto de abismos e crateras. O abismo mais pronunciado, que localiza-se no hemisfério sul, é maior do que o Grand Cânion, de acordo com William McKinnon, vice líder cientista da equipe de Investigação de Geologia e Geofísica da New Horizons.

“Essa é a primeira evidência clara de falhas e de rupturas na superfície de Caronte”, disse McKinnon, que fica baseado na Universidade de Washington em St. Louis. “A sonda New Horizons tem transformado nossa visão dessa lua distante desde uma bola de gelo lisa e sem nada até um mundo repleto de todos os tipos de atividades geológicas”.

A cratera mais proeminente, que localiza-se perto do polo sul de Caronte na imagem feita em 11 de Julho de 2015 e que foi transmitida para a Terra no dia 12 de Julho de 2015, tem cerca de 96.5 km de diâmetro. O brilho dos raios do material ejetado da cratera sugere que ela se formou recentemente de forma relativa em termos geológicos, durante uma colisão com um corpo menor em algum momento no último bilhão de anos.

A escuridão do assoalho da cratera é especialmente intrigante, disse McKinnon. Uma explicação é que a cratera expôs um diferente tipo de material congelado com relação aos gelos refletivos que localizam-se na superfície. Outra possibilidade é que o gelo no assoalho da cratera é o mesmo material que fica ao redor, mas tem um tamanho de grão maior, que reflete menos luz do Sol. Nesse cenário, o bólido que se chocou com Caronte, derreteu o gelo no assoalho da cratera, que então congelou novamente em grãos maiores.

Uma misteriosa região escura perto do polo norte de Caronte se espalha por cerca de 200 milhas. Imagens mais detalhadas que a New Horizons fará no momento de sua maior aproximação no dia 14 de Julho de 2015 pode fornecer pistas sobre a origem dessa região escura.

Às 8:50 da manhã, hora de Brasília, da terça-feira, dia 14 de Julho de 2015, a sonda New Horizons passará zunindo por Plutão a cerca de 49600 km/h, com um conjunto de sete instrumentos científicos totalmente ocupados obtendo dados completos. A missão completará o reconhecimento inicial do nosso Sistema Solar observando de perto pela primeira vez o planeta anão congelado.

Siga a trajetória da sonda nos próximos dias em tempo real com uma visualização da sua rota real, usando a ferramenta da NASA conhecida como Eyes on Pluto (http://eyes.jpl.nasa.gov/eyes-on-pluto.html).

Mantenha contato com a missão New Horizons usando a hashtag #PlutoFlyby e no Facebook, em: https://www.facebook.com/new.horizons1

charon_annotated

#PlutoFlyby

Fonte:

http://www.nasa.gov/feature/charon-s-chasms-and-craters

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários