O Maior Exoplaneta Em Sistema Binário de Estrelas – Space Today TV Ep.283

Space Today
13 jun 2016

Users who have LIKED this post:

  • avatar

kep1

Planetas em estrelas binárias não é uma exclusividade de Tatooine em Guerra nas Estrelas, na verdade, esse tipo de sistema planetário é até bem comum, mais do que se imaginava antes do estudo dos exoplanetas se tornar algo tão popular.

Astrônomos, acabaram de descobrir, contudo, o maior exoplanetas a orbitar um sistema binário.

O exoplaneta é o Kepler-1647b, está localizado a cerca de 3700 anos-luz de distância da Terra, e tem praticamente a mesma idade do nosso planeta, 4.4 bilhões de anos.

kep2

As estrelas do sistema binário são parecidas com o Sol, uma um pouco maior que o Sol e a outra um pouco menor.

O exoplaneta tem uma massa e um raio praticamente do mesmo tamanho que Júpiter.

Exoplanetas em sistemas binários são mais difíceis de serem encontrados, pois o trânsito não é regular nem em tempo e nem na quantidade da luz da estrela que é eclipsada.

Alguém pode perguntar, se esse planeta é tão grande, por que demorou tanto para ser descoberto?

artigo_05

Isso acontece devido ao seu período orbital, o Kepler-1647b demora 1107 dias, ou seja, um pouco mais que 3 anos para orbitar suas estrelas.

Agora um ponto interessante, fazendo os cálculos e levando em consideração a massa, o tamanho e a luminosidade das duas estrelas, esse exoplaneta se localiza na zona habitável do sistema, porém, como Júpiter, ele é um gigante gasoso, o que dificulta o fato dele abrigar vida, porém ele pode ter luas que possam ser parecidas com as luas congeladas do nosso Sistema Solar, e portanto até abrigar a vida, mas isso é tema para outro vídeo e outros estudos, as exoluas.

Se é habitável ou não, isso pouco importa no momento. A importância desse exoplaneta está em outro ponto. Ele é considerado a ponta do iceberg da previsão teórica da população de grandes exoplanetas ao redor de estrelas binárias.

Outro fato importante é que a confirmação desse exoplaneta usou uma rede astrônomos amadores, conhecida como Kilodegree Extremely Little Telescope Follow-Up Network para a determinação da massa e alguns parâmetros orbitais.

Essa semana está acontecendo o 228 congresso da AAS (Sociedade Astronômica Americana) e com certeza, muitas notícias e descobertas serão apresentadas no congresso. Tentarei acompanhar o máximo que eu puder.

Kepler 1647b the_largest_and_longest_period_kepler_transiting_circumbinary_planet from Sérgio Sacani

Fonte:

http://www.nasa.gov/feature/goddard/2016/new-planet-is-largest-discovered-that-orbits-two-suns

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

  • Alexandre Medina

    Exoplanetas, meu tema favorito.