O Legado da Missão Dawn – Space Today TV Ep.1448

Space Today
8 set 2018

——————————————————————–

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!

http://www2.spacetodaystore.com

Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

——————————————————————————-

Para fazer parte do seleto grupo dos apoiadores!!!

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

—————————————————————————–

Em Setembro de 2007 era lançada de Cabo Canaveral a bordo de um foguete Delta II, a sonda Dawn da NASA.

Seu principal objetivo, explorar os maiores objetos do Cinturão Principal de Asteroides do Sistema Solar e tentar ajudar a contar a história da formação do nosso sistema planetário.

De 2011 até 2012, a sonda Dawn explorou o asteroide Vesta.

Em Vesta, a Dawn mapeou suas crateras, mostrou que existiam muitas crateras grandes no hemisfério norte do planeta sugerindo que no cinturão de asteroides haviam objetos maiores que os astrônomos pensavam antes.

Ela também revelou em detalhe uma montanha que tem o dobro da altura do Monte Everest e Cânions que rivalizam em tamanho com o Grand cânion na Terra.

A sonda Dawn confirmou que Vesta é a fonte de uma família muito comum de meteoritos.

Depois disso, a sonda partiu para outro grande objeto no cinturão de asteroides, o planeta Anão Ceres.

No dia 6 de Março de 2015 ela chegou em Ceres e começou a investigar detalhadamente esse objeto.

Em Ceres, a Dawn descobriu a química de um antigo oceano.

Investigou os pontos brilhantes e descobriu que eles eram na verdade formados por sais, principalmente carbonato de sódio.

A sonda Dawn, descobriu que algumas regiões de Ceres eram geologicamente ativas até recentemente.

E descobriu também na superfície do planeta anão, moléculas orgânicas.

A sonda Dawn é a única que orbitou objetos no Cinturão Principal de Asteroides do Sistema Solar, e a única a entrar em órbita de dois objetos.

Ela conseguiu isso graças a sua propulsão iônica.

A missão da sonda Dawn está acabando, entre Setembro e Outubro de 2018, a hidrazina, o seu combustível estará esgotado e ela será incapaz de se comunicar com a Terra.

Pelo fato de Ceres ter interesse na busca por algum tipo de vida no Sistema Solar, a sonda Dawn ficará em órbita de Ceres, sem se chocar com o planeta anão.

Na verdade será como se Ceres tivesse ganho um satélite, um satélite artificial feito pelo homem.

Mais uma das grandes missões da NASA chega ao fim, mas o seu legado sobre o que sabemos a respeito da origem e da evolução do nosso Sistema Solar é um feito grandioso.

Valeu Dawn!!!

#Dawn

Fonte:

https://www.nasa.gov/feature/jpl/the-legacy-of-nasa-s-dawn-near-end-of-mission

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.