O Complexo Processo De Deposição das Areias Em Marte

Space Today
10 out 2017

Users who have LIKED this post:

  • avatar

Essa imagem foi feita pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter da NASA, ou MRO e mostra um possível local onde os grãos de areia estão sendo produzidos em Marte atualmente. Descoberta em imagens da chamada Camera Context da sonda MRO, essa região exibe material escuro que está sendo erodido de camadas escuras do embasamento de uma depressão semicircular perto da fronteira entre as terras altas do hemisfério sul marciano e das terras baixas do hemisfério norte. Lineamentos no talude suportam a noção de que esses sedimentos escuros são derivados localmente, e não se acumulam aqui por coincidência por conta dos ventos.

Os grãos de areia que geram as dunas na Terra e em Marte possuem uma existência perigosa devido à maneira com a qual viajam. A areia soprada pelo vento é levantada da superfície de cada planeta antes de cair no solo, e passar por um processo chamada saltitação onde ela é reboteada várias vezes até sedimentar num determinado local.

Os grãos de areia também podem rolar pelo chão à medida que são soprados pelo vento, e eles sofrem o impacto de outros grãos de areia que podem estar voando pela superfície. Todos esses repetidos impactos tendem colocar os grãos de areia no solo, suavizando-os em uma forma mais esférica e quebrando pequenos fragmentos que servem como suprimento para os vastos depósitos de poeira encontrados em Marte. Esse processo destrói os grãos de areia e limita o intervalo de tempo que as partículas existem. O fato de vermos dunas de areias ativas hoje em Marte necessita que as partículas de areia precisam ter seus grãos de areia trocados de tempos em tempos. Onde estão as fontes modernas de areia em Marte?

A Universidade do Arizona em Tucson, opera a câmera HiRISE, que foi construída pela empresa Ball Aeorospace & Technologies Corp., em Boulder, no Colorado. O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, uma divisão da Caltech, em Pasadena, na Califórnia, gerencia o Mars Reconnaissance Orbiter Project para o Science Mission Directorate da NASA em Washington.

Crédito da Imagem: NASA/JPL-Caltech/Univ. of Arizona

Fonte:

https://www.nasa.gov/image-feature/jpl/pia22043/where-does-the-sand-come-from

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.