pluto_new_01a

Novas Imagens De Plutão Feitas Pela Sonda New Horizons Revelam Um Mundo Extremamente Complexo

Space Today
11 set 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

pluto_new_01a

Ele voltou!!! Estavam com saudades?

Novas imagens detalhadas de Plutão feitas pela sonda New Horizons da NASA revelam uma grande variedade de feições na superfície que têm deixado os cientistas “tontos” devido à grande variedade e à complexidade.

“Plutão está nos mostrando uma diversidade de paisagens e complexidade de processos que rivalizam qualquer coisa que nós já tenhamos vistos no Sistema Solar”, disse Alan Stern, o principal pesquisador da New Horizons, do Southwest Research Institute (SwRI), em Boulder, no Colorado. “Se um artista tivesse pintado esse Plutão antes do nosso sobrevoo, eu provavelmente teria o chamado de louco – mas isso é como ele realmente é”.

new_pluto_02

A sonda New Horizons começou sua fase de download de novas imagens e outros dados que levará um ano no feriado do 7 de Setembro. As imagens baixadas nos últimos dias tem mais do que o dobro da quantidade da superfície de Plutão vistas em resoluções de 400 metros por pixel. Elas revelam novas feições  como diversas dunas, fluxos de gelo de nitrogênio, que aparentemente fluem para fora de regiões montanhosas em direções a planícies, e até mesmo redes de vales que podem ter sido gerados pelo material que flui livremente pela superfície de Plutão. As imagens também mostram grandes regiões que apresentam uma distribuição caótica de montanhas, algo semelhante aos terrenos corrompidos observados no satélite Europa de Júpiter.

“A superfície de Plutão é tão complexa como a de Marte”, disse Jeff Moore, líder da equipe de geologia, geofísica e imageamento da New Horizons no Ames Research Center da NASA em Moffett Field, Califórnia. “As montanhas aleatoriamente distribuídas, podem ser grandes blocos de gelo de água fluindo dentro de um vasto, mais macio e mais denso depósito de nitrogênio congelado dentro da região informalmente conhecida como Sputnik Planum”.

new_pluto_03

As novas imagens também mostram o terreno mais acidentado por crateras, e por isso, o mais antigo, já visto pela sonda New Horizons em Plutão, perto de um terreno mais jovem, formado por uma planície congelada e livre de crateras. Deve até mesmo existir um campo de dunas escuras eólicas, entre outras possibilidades.

“Observar dunas em Plutão, se é o que elas são, seria algo totalmente inovador, pois a atmosfera de Plutão, atualmente é muito fina”, disse William B. McKinnon, um vice líder da equipoe GGI, da Universidade de Washington, em St. Louis. “Ou Plutão tinha uma atmosfera mais espessa no passado, ou algum outro processo que nós ainda desconhecemos esteve funcionando por lá. Isso é um quebra-cabeça”.

new_pluto_04

As descobertas feitas pelas novas imagens não se limitam à superfície de Plutão. Imagens melhores das luas Caronte, Nix e Hydra, serão lançadas nessa próxima sexta-feira, dia 11 de Setembro de 2015, no site de imagens brutas do instrumento LORRI da New Horizons, revelando que cada lua é única e que a grande lua Caronte foi torturada geologicamente no passado.

As imagens enviadas nos últimos dias também têm revelado que a névoa atmosférica global de Plutão, tem muito mais camadas que os cientistas pensavam, e que a névoa cria na verdade um efeito de crepúsculo que ilumina de maneira leve o terreno no lado noturno de Plutão perto do pôr-do-Sol, fazendo com que esses terrenos pudessem ser observados pelas câmeras a bordo da sonda New Horizons.

new_pluto_05

“Essa visão crepuscular bônus é um belo presente que Plutão guardou para nós”, disse John Spencer, da equipe GGI da SwRI. “Agora nós podemos estudar a geologia em um terreno que nunca tivemos a expectativa de observar”.

A sonda New Horizons está agora a mais de 5 bilhões de quilômetros da Terra e a mais de 69 milhões de quilômetros de Plutão. A sonda está saudável e com todos os sistemas operando normalmente.

Você pode seguir a missão, em:

http://www.nasa.gov/newhorizons , e:

http://pluto.jhuapl.edu.

new_pluto_06

A sonda New Horizons é parte do New Frontiers Program da NASA, gerenciado pelo Marshall Space Flight Center da agência em Huntsville no Alabama. O Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins, em Laurel, Maryland, desenhou, construiu e opera a sonda New Horizons e gerencia a missão para o Science Mission Directorate da NASA em Washington. O SwRI, lidera a missão científica e fez todo o planejamento científico do sobrevoo da sonda em Plutão.

New Horizons is part of NASA’s New Frontiers Program, managed by the agency’s Marshall Space Flight Center in Huntsville, Alabama. The Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory in Laurel, Maryland, designed, built, and operates the New Horizons spacecraft and manages the mission for NASA’s Science Mission Directorate. SwRI leads the science mission, payload operations, and encounter science planning.

new_pluto_07

Fonte:

https://www.nasa.gov/feature/new-pluto-images-from-nasa-s-new-horizons-it-s-complicated

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários