Imagem Incrível da Tiangong-1 É Registrada Poucos Dias Antes da Sua Reentrada

Space Today
29 mar 2018

Astrônomos do Virtual Telescope Project na Itália conseguiram registrar imagens incríveis da estação espacial chinesa Tiangong-1 que está prestes a cair na Terra.

No momento em que a imagem foi feita a estação estava a cerca de 220 km acima da superfície da Terra e viajando numa região do céu ocupada pela constelação de Virgem a uma velocidade de aproximadamente 28002 km/h.

Devido à alta velocidade da Tiangong-1, foi muito difícil fazer essa imagem, como contam os astrônomos.

“Registrar a estação, foi muito difícil, ela está se movendo muito rápido no céu, 18 graus por minuto”, disse Gianluca Masi que opera o Virtual Telescope Project.

“Nossos telescópios usam uma tecnologia avançada para virtualmente rastrear qualquer objeto se movendo rapidamente no céu, e a estação estava perto do limite operacional do nosso equipamento, mas ele fez um belo trabalho”.

A imagem é um frame único com 2 segundos de exposição que foi feito durante uma transmissão ao vivo usando os Observatórios de Tenagra no Arizona, que são operados e controlados virtualmente pelos astrônomos do Virtual Telescope Project.

Masi disse que apontar e rastrear objetos se movendo rapidamente no céu na órbita da Terra como a Tiangong-1 é uma tarefa que poucos observatórios podem fazer.

“Nós nos organizamos para fazer algo honestamente incrível: fazer uma imagem da estação espacial chinesa Tiangong-1 durante uma das suas últimas passagens pelas estrelas, antes dela queimar na atmosfera da Terra. Essa imagem pode ser considerada histórica”, disse Masi.

Espera-se que a estação reentre na atmosfera da Terra em algum momento no dia 1 de Abril, e de acordo com Masi, essa pode ter sido uma das últimas imagens da Tiangong-1.

Os especialistas acreditam que a maior parte da estação irá queimar na atmosfera da Terra. Existe uma pequena chance que alguns detritos atinjam a superfície, contudo, é extremamente improvável que alguém seja atingido pelos detritos.

O laboratório espacial foi lançado em 2011, e foi originalmente pensado em ser queimado na atmosfera da Terra de forma intencional em 2013. Mas aí a sua missão foi estendida. Então, em 2016, a agência espacial chinesa anunciou que havia perdido o contato e o controle da estação e ela então começou a cair na Terra. Apesar de ter trabalhado pouco tempo, ela retornou dados muito importantes para a Terra.

2018-03-29_10-03-35.mp4 from SpaceToday on Vimeo.

Fonte:

http://www.newsweek.com/incredible-tiangong-1-image-captured-doomed-chinese-spacecraft-nears-earth-865296?piano_t=1

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.