Hora da colheita: repolho espacial na ISS

Space Today
23 fev 2017

Por Yara Laiz Souza

A astronauta Peggy Whitson realizou a quinta colheita espacial a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) da NASA. Os astronautas chineses deixaram, há um mês, seis sementes de uma variedade de repolho chinês chamado Bekana muito comum em Tóquio. Agora, Peggy realizou a colheita que irá servir para a degustação da tripulação.

“Peggy está fazendo um trabalho incrível”, disse Nicole Dufour, do Veggie Project. “Ela não desistiu e conseguiu colocar a semente no travesseiro D para germinar”. A dificuldade encontrada por Peggy foi com uma das sementes, que foi colocada de forma diferente no compartimento Veggie comprometendo o seu crescimento.

Peggy realizando a colheita (Imagem: NASA)

Enquanto a tripulação da ISS vai comer uma parte repolho chinês o restante será economizado para serem estudadas no Centro Espacial Kennedy. Esta é a quinta colheita de plantas alimentícias no espaço e a primeira de uma variedade chinesa que foi escolhida após uma avaliação de vários vegetais folhosos seguindo um determinado critério.

Uma reclamação frequente dos astronautas é sobre a mudança nas papilas gustativas da língua. Isso explica o consumo excessivo de molho quente, mel e molho de soja na estação. A explicação plausível é de que em um ambiente com gravidade reduzida, os fluidos nos corpos dos astronautas ficam empacados em áreas do corpo ao invés de serem puxados para as pernas como acontece na Terra. Assim, o fluido que preenche o rosto deles fica sem movimento deixando a sensação semelhante a de um resfriado e reduzindo a capacidade de sentir cheiros e gostos.

Nicole acompanhando Peggy durante os trabalhos (Imagem: NASA)

Agora eles irão escolher qual será o próximo legume que será plantado em baixa gravidade. “Eu amo jardinagem na Terra e é tão divertido no espaço! Eu só preciso de mais espaço para plantar mais!”, disse Peggy no Twitter.

Via site da NASA

https://www.nasa.gov/feature/cabbage-patch-fifth-crop-harvested-aboard-space-station

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

  • É interessante imaginar que se um dia a Terra ficasse improdutiva (o que é bastante improvável) como mostrado no filme Interstellar, poderíamos fazer plantações no espaço, mas não consigo ver uma viabilidade prática nisso a não ser para suprir as necessidades de missões espaciais, como as viagens e colonização de Marte.

  • Caio Leonny

    Qualquer estudo de reproduzir recurso,s essenciais na Terra, no espaço é válido. Isso deveria receber mais apoio dos nossos governos.