image

Feliz Periélio de 2015 Para Você Também!!!

Space Today
4 jan 2015

image

observatory_150105Hoje, dia 4 de Janeiro de 2015, mais precisamente às 06:36 UTC, ou seja, 04:36, hora de Brasília, a Terra atingiu o ponto na sua órbita mais próximo do Sol, o chamado periélio. Ah, quer dizer que é por isso que está esse calor insuportável? Com sensação térmica de 50 graus no Rio de Janeiro. Não!!! Só lembrando que o clima na Terra nada tem a ver com a distância entre a Terra e o Sol, mas sim com a inclinação do eixo de rotação da Terra (podemos conversar sobre isso em outro post).  Ah, e para complicar um pouco mais as coisas, hoje, dia 4 de Janeiro de 2015 é também a primeira Lua cheia do ano, ou seja, um prato cheio para os astrólogos. Para comemorar a foto acima mostra o Sol momentos depois do periélio, onde é possível continuar vendo o grande buraco coronal presente na sua coroa.

No momento do periélio, o centro da Terra ficou a uma distância de 147096204 quilômetros do centro do Sol. Em média, essa distância é de 149597871 km, assim sendo, no periélio a Terra está cerca de 2.5 milhões de km mais perto do Sol.

 

image

Essa data não tem nada de especial, mas ela é uma chance de lembrarmos de coisas importantes e corriqueiras no nosso dia a dia. Por exemplo, a distância entre a Terra e o Sol está sempre mudando, pois nós orbitamos a nossa estrela numa elipse e não num círculo. No dia 3 estávamos um pouco mais distante do que hoje, dia 4, e amanhã, estaremos um pouco mais distante novamente. Um dia depois do periélio, por exemplo, amanhã, dia 5 de Janeiro de 2015, na mesma hora, o centro da Terra estará a 147096683 km do centro do Sol, uma diferença de menos de 500 quilômetros, da distância que estamos hoje. Você e qualquer ser humano na Terra jamais perceberá isso.

A data do periélio também muda a cada ano devido a uma série de fatores (por isso que na imagem acima, a data do periélio está dia 3 de Janeiro, não é desse ano!!!), e o mais importante deles, por mais estranho que possa parecer é a Lua. A Terra e a Lua orbitam um centro de gravidade comum, como duas crianças, uma de frente para outra de mãos dadas e girando. É esse centro de massa, chamado de baricentro que orbita o Sol. Quando o baricentro atinge o periélio, a Terra, pode, na verdade estar um pouco mais distante, porque a Lua também tem participação nesse sistema. Assim, a mudança no momento do periélio para a Terra as vezes é alterado em um dia ou um pouco mais.

Fonte:

http://www.slate.com/blogs/bad_astronomy/2015/01/03/perihelion_2015_the_earth_is_closest_to_the_sun_tonight.html

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários