potw1536a

Equipamento SPHERE do VLT Faz Mapa da Superfície de Ceres

Space Today
7 set 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

potw1536a

Estas imagens, obtidas com duas semanas de diferença, mostram os dois hemisférios de Ceres e dão-nos as melhores observações feitas até hoje, a partir do solo, do planeta anão. Foram obtidas com o instrumento SPHERE montado no Very Large Telescope do ESO e fazem parte de um trabalho que está a ser levado a cabo desde meados de julho de 2015 e que pretende fazer um mapa polarimétrico da superfície deste objeto.

Orbitando na cintura de asteroides entre Marte e Júpiter, a região conhecida por Cinturão Principal, Ceres foi o primeiro asteroide a ser descoberto em 1801 e trata-se do maior asteroide do Cinturão Principal. O asteroide é o maior reservatório de água existente na vizinhança da Terra e pensa-se que a água se encontra sob a forma de gelo no manto do objeto.

A superfície do planeta anão tem cerca do tamanho da Índia e podemos observar vários pontos brilhantes intrigantes nestas novas imagens. Estes pontos foram também observados de forma cuidada pela sonda Dawn da NASA, que se encontra atualmente em órbita de Ceres. Os astrônomos têm estudado estes pontos, mas a sua verdadeira natureza permanece um mistério. Espera-se, no entanto, que ao comparar os dados obtidos pelo SPHERE com as imagens que aDawn está enviando para a Terra, os astrônomos possam começar a descodificar este enigma.

Fonte:

http://www.eso.org/public/brazil/images/potw1536a/

alma_modificado_rodape1051

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários