Conhecendo a Lua: As Camadas de Basalto em Rima Marius

Space Today
12 mar 2018

Camadas formadas por basalto de mares podem ser observadas nas paredes de inúmeras crateras na Lua, como por exemplo, na Caroline Herschel e na Pytheas. Camadas semelhantes, foram observadas na parede do Hadley Rille, perto do local de pouso da missão Apollo 15 e a imagem acima mostra um belo exemplo de algumas camadas de basalto de mar ao longo da borda superior da parede da Rima Marius.

A Rima Marius tem cerca de 280 km de comprimento e tem uma leve sinuosidade que corta grandes extensões de basalto de mares. Rilles, rima ou “canais”, se formam na Lua, quando grandes volumes de magma de baixa viscosidade entra em erupção e flui numa chamada corrente de turbidez. A força erosiva do fluxo, cava um canal na superfície da Lua que então é drenado, deixando para trás uma ranhura vazia na superfície. Estudando a espessura das camadas de basalto usando áreas como essa, pode ajudar os cientistas a modelarem a viscosidade do material que ali fluiu e gerou tal feição.

Fonte:

http://lroc.sese.asu.edu/posts/711

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.