CiencTecTV Ep.46 – A Primeira Grande Flare Solar de 2015

Space Today
14 jan 2015

1-13-15_flare_171-131

observatory_150105A Região Ativa 2257 produziu duas flares solares moderadamente fortes de Classe-M às 02:24 e às 02:58 hora de Brasília do dia 13 de Janeiro de 2015.

Pelo fato dessa região ativa não estar diretamente voltada para a Terra, qualquer Ejeção de Massa Coronal, ou CME, proveniente dela será direcionada para longe do nosso planeta.

Como resultado dessa flare, um pulso de radiação UV extrema ionizou a atmosfera superior da Terra sobre a Austrália e o Oceano Índico. Marinheiros e operadores de rádio podem ter notado uma breve falha nas comunicações em frequências abaixo de 10 MHz.

Mais flares podem explodir, desse região. A AR2257 tem campos magnéticos instáveis do tipo beta-gamma-delta que podem gerar novas flares a qualquer momento. O NOAA estima em 40% a chance de novas flares de Classe-M e em 10% a chance de novas flares de Classe-X.

Fonte:

http://www.spaceweather.com

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários