image_3091e-Asteroid-1999-JD6

Astrônomos Capturam Imagens de Radar do Asteroide 1999 JD6

Space Today
5 ago 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

image_3091e-Asteroid-1999-JD6

Usando o rádio telescópio de Green Bank, que faz parte do NSF, na West Virginia, e a antena do Deep Space Network da NASA em Goldstone, na Califórnia, os astrônomos conseguiram registrar por radar a passagem de um asteroide para produzir imagens do corpo em forma de amendoim que passou pela Terra no dia 25 de Julho de 2015 a cerca de 45000 milhas por hora. O asteroide, chamado de 1999 JD6, parece ser um binário de contato – um asteroide com dois lobos que se colaram.

O asteroide 1999 JD6, outrora conhecido como 85989, foi descoberto em Maio de 1999 pelo Lowell Observatory Near-Earth-Object Search, em Flagstaff, no Arizona. Só uma nota, esse foi o mesmo observatório onde foi feita a descoberta de Plutão, e o descobridor de Plutão, Clyde Tombaugh, na mesma época, já havia descoberto cerca de 300 asteroides.

Sua órbita passa pela Terra, Vênus e Mercúrio. Apesar da incerteza sobre seu tamanho, o asteroide tem sido estudado de forma intensa, e muitas de suas propriedades físicas são bem conhecidas.

“Eu estou interessado nesse asteroide em particular pois as estimativas de seu tamanho a partir de observações prévias, feitas em comprimento de onda do infravermelho, não são conclusivas. Os dados de radar, permite que possamos resolver de forma definitiva o mistério do seu tamanho para melhor entender mais sobre esse interessante e pequeno mundo”, disse o astrônomo Sean Marshall da Universidade de Cornell.

O asteroide 1999 JD6 fez sua maior aproximação da Terra no dia 25 de Julho de 2015, às 01:55, hora de Brasília, passando a cerca de 7.2 milhões de quil6ometros da Terra, ou algo em torno de 18.6 vezes a distância entre a Terra e a Lua. A próxima vez que ele se aproximar do nosso planeta será em 2054 e ele passará a aproximadamente a mesma distância.

Os dados de radar revelam que o asteroide é altamente alongado, com um comprimento de cerca de 2 km, no seu eixo maior. Ele tem um movimento de rotação, pouco maior que 7.5 horas e é pensado como sendo um objeto relativamente escuro.

“Imagens de radar têm mostrado que cerca de 15% dos asteroides próximos da Terra, maiores que 180 m, incluindo o 1999 JD6, tem esse tipo de lobo, com uma forma que lembra um amendoim”, disse o Dr. Lance Benner do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, em Pasadena, na Califórnia, que lidera as pesquisas de asteroide por radar, da NASA.

Fonte:

http://www.sci-news.com/astronomy/science-near-earth-asteroid-1999jd6-03091.html

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários