vazamento_iss_01

Astronautas da ISS Voltam a Ocupar o Lado Americano Após Falso Alarme de Vazamento de Amônia

Space Today
15 jan 2015

vazamento_iss_01

observatory_150105Os membros da tripulação na Estação Espacial Internacional podem agora voltar a ocupar o segmento norte-americano do laboratório espacial, depois que um falso alarme fez com que os astronautas abandonassem essa parte da estação no início da quarta-feira, dia 14 de Janeiro de 2015.

O alarme indicaria um possível vazamento de amônia tóxica na cabine da estação, contudo, a NASA não encontrou nenhuma evidência para o vazamento. Os astronautas da NASA Terry Virts, Barry “Butch” Wilmore e a astronauta da ESA Samantha Cristoforetti reentraram no lado norte-americano – que inclui os módulos europeu, japonês e norte-americano – vestindo máscaras às 1805, hora de Brasília. Cristoforetti e Virts coletaram amostras do ar da estação e não encontraram nenhum sinal de amônia, de acordo com a NASA.

vazamento_iss_03

“A tripulação está bem, nunca esteve em perigo e nenhum vazamento de amônia foi detectado no laboratório orbital”, escreveram os oficiais da NASA.

Os oficiais da agência ficaram preocupados, que o sistema de resfriamento da estação espacial – que usa amônia para ajudar a regular a temperatura na estação pudesse ter vazado gás nocivo na atmosfera da estação.

Virts, Cristoforetti e Wilmore se juntaram aos cosmonautas Elena Serova, Alexander Samokutyaev e Anton Shkaplerov no segmento russo por boa parte do dia depois que o alarme soou às 0700 hora de Brasília. Por não ter sido nenhum sinal de amônia na cabine, os membros da tripulação puderam retirar suas máscaras e ocupar livremente todas as partes da ISS, de acordo com a NASA.

vazamento_iss_05

Os oficiais agora acreditam que o alarme falso pode ter sido causado por um erro no computador usado para transferir informação para a ISS e desde a ISS. O computador, chamado de multiplexador-demultiplexador, agora parece estar funcionando bem, depois que os oficiais reiniciaram a máquina, disse a NASA.

Os controladores da missão ainda estão trabalhando para tentar entender exatamente o que fez com que o alarme fosse acionado, mas o trabalho dos astronautas deve continuar normalmente nessa quinta-feira, dia 15 de Janeiro de 2015. Os oficiais da NASA prosseguirão agora com as etapas para reativar o sistema de resfriamento que foi desligado devido ao alarme.

vazamento_iss_02

Os oficiais da NASA acreditam que as pesquisas na estação não foram impactadas de forma negativa devido ao abandono do módulo norte-americano.

O falso alarme dessa quarta-feira, dia 14 de Janeiro de 2015, foi o terceiro desse tipo a ocorrer em mais de 15 anos com tripulações que viveram na ISS. Os membros da tripulação foram forçados a abandonar o lado norte-americano da estação, se refugiando no lado russo, duas outras vezes devido a alarmes falsos de amônia, disse o porta-voz da NASA Rob Navias.

Tripulações de astronautas têm feito turnos de forma contínua na ISS, desde 2000. A estação tem o espaço de convivência equivalente a uma casa de cinco quartos.

vazamento_iss_04

Fonte:

http://www.space.com/28267-space-station-leak-alarm-resolved.html

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários