Print

Asteroide Icarus Passará a Uma Distância Segura da Terra No Dia 16 de Junho de 2015

Space Today
15 jun 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

Print

O asteroide Icarus, passará a uma distância segura da Terra, a mais de 21 vezes a distância entre a Terra e a Lua, nessa terça-feira, dia 16 de Junho de 2015. Icarus, um dos primeiros asteroides próximos da Terra descoberto, em 1949, passará a mais de 8 milhões de quilômetros do nosso planeta. Descoberto em 27 de Junho de 1949 por Walter Baade no Observatório do Palomar, poucos meses depois do lendário Telescópio Hale de 200 polegadas ter visto sua primeira luz, essa rocha espacial com cerca de 1 km de largura recebeu a designação provisória de 1949 MA.

Depois de estudos os astrônomos determinaram que o 1949 MA tinha uma órbita elíptica que fazia com que ele se aproximasse do Sol num período equivalente a 2/3 da distância periélia do planeta Mercúrio, antes de chegar ao afélio além da órbita de Marte 204 dias depois. De maneira apropriada o 1949 MA foi chamado então de Icarus, da mitologia grega aquele que voou perto do Sol. Por mais de meio século ele ostentou o título de ser o asteroide que passava mais perto do Sol até a descoberta do 200BD19. O Icarus também foi o primeiro asteroide observado com radar, durante a sua aproximação ocorrida em Junho de 1968.

icarus_pass_02

Classificado como um asteroide Apollo, o 1566 Icarus tem uma ressonância orbital com a Terra que faz com sua maior aproximação com o nosso planeta ocorra no mês de Junho em intervalos de 9, 19 e 28 anos, mas nunca perto o suficiente para representar uma ameaça. A passagem dessa terça-feira, dia 16 de Junho, a cerca de 8053000 quilômetros de distância da Terra, ou 0.05383 Unidades Astronômicas, é a mais próxima a ocorrer entre 1968 e 2090. No dia 14 de Junho de 2090, o asteroide passará um pouco mais próximo, a uma distância equivalente a 17 vezes a distância entre a Terra e a Lua, ou 6.5 milhões de quilômetros.

A NASA detecta, rastreia e caracteriza asteroides e cometas usando para isso telescópios baseados em Terra e telescópios espaciais. Os elementos do Near-Earth Object Program as vezes são referidos como Spaceguard, descobrem esses objetos, caracterizam um subconjunto deles e identificam suas maiores aproximações para determinar se algum deles pode ser potencialmente perigoso para o nosso planeta. O Near-Earth Object Program da NASA é parte da iniciativa de asteroides da agência, que inclui mandar uma sonda para capturar e mover um asteroide próximo da Terra para uma órbita estável ao redor da Lua, onde astronautas poderão explorá-lo de maneira sistemática.

icarus_pass_03

O JPL gerencia o Near-Earth Object Program Office para o Science Mission Directorate da NASA em Washington. O JPL é uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia, em Pasadena.

Para mais informações sobre asteroides de objetos próximos da Terra, visite:

http://www.jpl.nasa.gov/asteroidwatch

Para receber atualizações via Twitter da passagem de rochas espaciais próximo do nosso planeta, siga:

http://twitter.com/asteroidwatch

A imagem abaixo, mostra a posição do Icarus para o céu do Rio de Janeiro no dia 16 de Junho de 2015, logo após sua passagem mais próxima pela Terra.

icarus_pass_04

Referências:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?feature=4625

http://astronomynow.com/2015/06/15/see-earth-crossing-asteroid-icarus-in-closest-approach-for-75-years/

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários