As Diferentes Rochas Expostas No Talude De Uma Cratera Marciana

Space Today
4 jan 2017

Users who have LIKED this post:

  • avatar

As crateras de impacto normalmente expõem materiais que normalmente estão na subsuperfície, e isso fica as vezes mais evidente nos íngremes taludes de crateras marcianas. Contudo, esses taludes são regiões muito instáveis apresentando quedas de rochas e detritos, avalanches e outros processos que limpam a poeira da superfície, revelando assim uma grande variedade de tonalidades de cores, como pode ser claramente observado nessa bela imagem feita pela câmera HiRISE da sonda MRO da NASA, onde cada cor representa um tipo de rocha diferente. O material avermelhado e brilhante encontrado no topo do anel da cratera é proveniente da cobertura de poeira marciana.

As longas faixas de material são provenientes dos movimentos talude abaixo. O que se revelou nesse talude também é a grande variedade de texturas das rochas do embasamento, com uma mistura de depósitos acamadados e desordenados. Essa imagem é uma amostra de uma típica região de terras altas em Marte, com materiais trazidos pelo fluxo de lava e por correntes de água que se depositam em camadas e então são desordenados e quebrados por muitos eventos de impacto.

Essa imagem não é nova, foi adquirida pela HiRISE no dia 28 de Fevereiro de 2011, às 15:24 hora marciana local.

A Universidade do Arizona em Tucson, opera a HiRISE, que foi construída pela empresa Ball Aerospace & Technologies Corp., em Boulder no Colorado. O Laboratório de Populsão a Jato, uma divisão do Caltech, em Pasadena, na Califórnia, gerencia o projeto da sonda Mars Reconnaissance Orbiter para o Science Mission Directorate da NASA em Washington.

Fonte:

https://www.nasa.gov/image-feature/hues-in-a-crater-slope

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.