pia19637_main

Arcos Vermelhos Incomuns São Registrados na Superfície da Lua Congelada Tétis de Saturno Pela Sonda Cassini da NASA

Space Today
29 jul 2015

Users who have LIKED this post:

  • avatar

pia19637_main

Como uma pichação feita por um artista desconhecido, faixas avermelhadas em forma de arco são visíveis na superfície da lua congelada de Saturno, Tétis, numa nova imagem com cor realçada, lançada pela sonda Cassini da NASA.

Os arcos vermelhos são linhas estreitas e curvadas na superfície da lua e estão entre as feições coloridas mais incomuns já reveladas pelas câmeras da Cassini nas luas de Saturno.

Imagens feitas, usando os filtros espectrais verde, infravermelho e ultravioleta foram combinadas para criar essa visualização com cor realçada, que destaca as sutis diferenças de cores através da superfície da lua em comprimentos de onda que não são visíveis pelos olhos humanos.

Alguns arcos vermelhos podem ser vistos de forma apagada em observações feitas anteriormente na missão Cassini, que está na órbita de Saturno desde 2004. Mas as imagens coloridas, para essa observação, obtidas em Abril de 2015, são as primeiras a mostrarem grandes áreas na porção norte de Tétis sob condições de iluminação e visualização necessárias para se poder observar os arcos claramente. Como o sistema de Saturno se moveu para o verão no hemisfério norte no decorrer dos últimos anos, as latitudes nas porções norte tornaram-se muito bem iluminadas. Como resultado desse movimento, os arcos tornaram-se visíveis de forma clara pela primeira vez.

pia19638_a

“Os arcos vermelhos realmente saltaram à nossas vistas quando observamos as novas imagens”, disse o cientista Paul Schenk da Cassini no Lunar and Planetary Institute em Houston. “É surpreendente a extensão que essas feições têm”.

A origem dessas feições e a sua coloração avermelhada é um mistério para os cientistas da Cassini. As possibilidades estão sendo estudadas e entre elas, incluem ideias de que o material avermelhado é gelo exposto com impurezas químicas, ou o resultado de gás sendo expelido dentro de Tétis. Essas marcas vermelhas poderiam também estar associadas com feições como fraturas que estão abaixo da resolução das imagens disponíveis.

Exceto por poucas crateras na lua Dione de Saturno, feições avermelhadas são raras em outras luas do planeta. Muitas feições avermelhadas ocorrem, na superfície geologicamente jovem da lua Europa de Júpiter.

“Os arcos vermelhos precisam ser geologicamente jovens, já que eles cortam feições mais antigas como crateras de impacto, mas nós não sabemos sua idade em anos”, disse Paul Helfenstein, um cientista de imageamento da Cassini na Universidade de Cornell, em Ithaca, Nova York, que ajudou a planejar as observações. “Se a mancha é apenas uma fina camada colorida no solo congelado, a exposição ao espaço ambiental na superfície de Tétis pode apaga-la em uma escala curta de tempo”.

A equipe da Cassini está atualmente planejando novas observações das feições numa resolução maior, para o final do ano de 2015.

“Depois de 11 anos em órbita, a sonda Cassini continua a nos surpreender com descobertas espetaculares”, disse Linda Spilker, cientista de projeto da Cassini no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena, na Califórnia. “Nós estamos planejando uma observação ainda mais próxima dos arcos vermelhos de Tétis em Novembro para ver se nós podemos tentar inferir a fonte a composição dessas estranhas marcas”.

A missão Cassini-Huygens é um projeto cooperativo da NASA, ESA e da Agência Espacial Italiana. O JPL, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena, gerencia a missão para o Science Mission Directorate da NASA em Washington. O centro de operações de imageamento da Cassini fica baseado no Space Science Institute em Boulder, Colorado.

Para mais informações sobre a Cassini, visite:

http://www.nasa.gov/cassini

http://saturn.jpl.nasa.gov

pia19636

Fonte:

http://www.nasa.gov/jpl/cassini/unusual-red-arcs-spotted-on-icy-saturn-moon

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários