A Origem Dos Satélites Marcianos Fobos e Deimos – Space Today TV Ep.1204

Space Today
19 abr 2018

Se a origem da nossa Lua já é algo discutido, debatido, e não se sabe ainda ao certo como ela foi criada, imagina os satélites naturais de outros planetas.

Os mais próximos para nós estudarmos são os pequenos satélites marcianos, as chamadas batatas voadoras.

Pelo fato de Marte estar próximo do Cinturão Principal de Asteroides do nosso Sistema Solar, a dúvida que existe é se eles foram asteroides capturados por Marte, ou se eles se formaram a partir de um disco de detritos ao redor do planeta.

A hipótese do disco de detritos sempre foi a mais aceita pelo fato dos dois satélite terem uma órbita coplanare circular, porém os antigos modelos que tentavam explicar essa formação eram limitados pelas técnicas simplificadas que eram utilizadas.

Para tentar explicar essa formação da melhor forma possível um grupo de pesquisadores, usou modelagem de alta tecnologia, o estado da arte da modelagem, usando simulações hidrodinâmicas em grande escala para explicar a formação de Fobos e Deimos.

Os pesquisadores, chegaram a conclusão de que um objeto com o tamanho entre Ceres e Vesta colidiu com Marte e formou um disco de material ao redor do planeta.

Assim, Fobos e Deimos possuem uma composição química parecida com Marte para a maior parte dos elementos, a menos dos voláteis que foram perdidos no processo de aquecimento e da colisão.

Os dois satélites se formaram praticamente ao mesmo tempo na porção externa desse disco de material

A porção mais interna formou satélites maiores que foram posteriormente assimilados por Marte.

Esse trabalho é muito importante para se debater sobre a origem dos satélites naturais de Marte e para apoiar a chamada missão MMX da JAXA, a agência espacial japonesa.

A MMX que quer dizer Mars Moons eXploration, será lançada em 2024 e visitará os dois satélites de Marte, irá pousar em Fobos, coletar material da sua superfície e chegará na Terra com esse material em 2029.

Com esse material será possível concluir sobre a origem dos satélites de Marte.

E é assim, conhecendo cada detalhe dos nossos vizinhos , que vamos conhecendo cada vez melhor o sistema solar, a nossa vizinhança cósmica.

Fonte:

https://phys.org/news/2018-04-swri-martian-moons-formation-large.html

Artigo:

http://advances.sciencemag.org/content/4/4/eaar6887

https://www.padrim.com.br/spacetoday

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:

https://apoia.se/spacetoday

=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:

http://www.agenciamarcospontes.com.br

http://www.agenciamarcospontes.com.br/visita-observatorios-telescopios-eso-atacama-viagem.php

=====================================================

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Apoio e apresentação:

http://deviante.com.br

A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/featured

http://scienceblogs.com.br/sciencevlogs/

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/channels?view=60

=====================================================

Meus contatos:

BLOG: http://www.spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

Comentários

© 2014 Space Today | Todos os direitos reservados.