Hubble Faz Imagem Impressionante e Detalhada do Antigo Aglomerado Globular NGC 6535

Space Today
2 fev 2015

An ancient globule

observatory_150105A imagem acima, mostra de maneira espetacular o NGC 6535, um aglomerado globular, localizado a 22000 anos-luz de distância da Terra na constelação de Serpens (A Serpente) e que mede um ano-luz de comprimento.

Aglomerados globulares são grupos apertados de estrelas que orbitam as galáxias. A grande massa no rico centro estelar do aglomerado globular puxa as estrelas na sua direção, para formar uma verdadeira bola de estrelas. A palavra glóbulos, de onde esses aglomerados emprestam o nome, em Latin, significa pequena esfera.

Os aglomerados globulares são normalmente, objetos muito antigos formados aproximadamente no mesmo momento em que as galáxias que os abrigam foram formadas. Até hoje, nenhuma atividade de formação de estrelas foi observada dentro de um aglomerado globular, o que explica a abundância de estrelas amarelas antigas nessa imagem, a maior parte delas contendo uma baixa quantidade de elementos pesados.

O NGC 6535 foi descoberto pela primeira vez em 1852 pelo astrônomo inglês John Russell Hind. O aglomerado provavelmente apareceu para Hind, como uma pequena e apagada fumaça através de seu telescópio. Agora, mais de 160 anos depois, instrumentos como a Advanced Camera for Surveys (ACS) e a Wide Field Camera 3 (WFC3) no Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA nos permitem capturar uma visão detalhada do aglomerado, mostrando todas as suas maravilhas.

Uma versão dessa imagem entrou no concurso de processamento de imagens, Hubble’s Hidden Treasures enviada pelo competidor Gilles Chapdelaine.

Fonte:

http://www.spacetelescope.org/images/potw1452a/

alma_modificado_rodape105

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on Tumblr

Comentários